O encerramento da competição acontecerá no próximo dia 13, das 14h às 18h

 

 

Esporte e lazer para crianças e adolescentes são alguns dos destaques da programação em homenagem aos 172 anos de emancipação política de Vitória da Conquista. A data, celebrada no dia 9 de novembro, além de integrar apresentações musicais, eventos culturais, religiosos, feiras e uma exposição, contará ainda com o encerramento da 9ª Copa Esportiva do Programa Conquista Criança.

O final da competição será realizado no dia 13 de novembro, das 14h às 18h, no Ginásio Municipal de Esportes Raul Ferraz. O evento contará com a participação dos educandos que disputaram na copa desde o início, no dia 22 de outubro. São crianças e adolescentes de várias instituições de Vitória da Conquista e dos municípios de Anagé, Itambé, Barra do Choça, Poções, Planalto, Tremedal e Belo Campo.

Durante o encerramento da 9ª Copa Esportiva, haverá premiações para o primeiro e segundo colocado de cada modalidade competida. Haverá ainda, as apresentações do Grupo Instrumental da Associação dos Amigos da Pastoral do Menor; os monitores do Projeto Escola Mais com golpes de karatê, além da participação do grupo de capoeira com a puxada de rede do Programa Conquista Criança.

Composta por uma maratona de competições cujo objetivo é ampliar a promoção da socialização e integração de estudantes, a Copa Esportiva do Programa Conquista Criança envolve diversas modalidades esportivas como futsal, futebol de campo, capoeira e voleibol.

Neste ano, o evento contou com a participação de 1.800 educandos, 30% crianças e 70% adolescentes, de mais de 55 instituições públicas e privadas.“Ficamos honrados em participar deste projeto que teve sucesso em sua proposta, tanto que está em sua nona edição e isso se deve ao compromisso dessa gestão em prol e defesa das garantias dos direitos da criança e do adolescente”, declarou a gerente do Programa Conquista Criança, Eslange Souza.

Direitos garantidos– A promoção de eventos bem como a inclusão das modalidades esportivas durante as atividades do Programa seguem as disposições legais estabelecidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). São iniciativas que garantem o cumprimento das políticas previstas no regulamento já que o Estatuto propõe a prática do esporte como forma de lazer para o indivíduo em formação.