Com o tema “Proteção e Defesa Civil: novos paradigmas para o Sistema Nacional”, a 1ª Conferência Intermunicipal teve como principal objetivo promover a participação, o controle social e a integração das políticas públicas relacionadas à Defesa Civil. Aproximadamente 26 municípios dos Territórios do Sudoeste e do Médio Sudoeste prestigiaram o evento.

No período vespertino, os presentes participaram das discussões nos quatro grupos temáticos que abordaram os seguintes assuntos: Gestão Integrada de Risco e Resposta a Desastres, Integração de Políticas Públicas relacionadas à Proteção e Defesa Civil, Gestão de Conhecimento e Proteção de Defesa Civil e Mobilização e Promoção de uma Cultura de Proteção de Defesa Civil das Cidades Resilientes.

Edwaldo Alves, secretário de Governo

Ao término das discussões foram apresentados, em plenária, os princípios e diretrizes aprovados pelos grupos. Foram eleitos 33 delegados titulares e 14 suplentes que participarão da 2ª Conferência Estadual, que será realizada em Salvador, nos dias 14 e 15 de abril. “Tivemos pleno sucesso nesse evento porque alcançamos a totalidade dos municípios do Sudoeste. Conseguimos eleger dez princípios e trinta diretrizes, o que demonstra que fizemos um bom trabalho. Conquista está de parabéns e esperamos que a partir dessa conferência possamos melhorar ainda mais as questões de proteção e defesa civil no município”, afirmou o secretário de Governo, Edwaldo Alves.

Rivaldo Gusmão, coordenador da Defesa Civil

O coordenador da Defesa Civil em Vitória da Conquista, Rivaldo Gusmão, também avaliou de forma satisfatória o evento. “O encontro foi bastante positivo porque conseguimos alcançar os objetivos propostos. Foi um dia riquíssimo de debates onde tivemos a oportunidade de discutir temas variados relacionados à proteção e à defesa civil. Mais um momento importante na qualificação da nossa equipe e de todos os representantes do Sudoeste e Médio Sudoeste”, disse.