Esse sábado, 23, foi bem movimentado na parte alta do Bruno Bacelar (confira o vídeo). A Prefeitura Móvel chegou com as suas secretarias e servidores para ampliar o canal de diálogo entre Governo Municipal e a comunidade. O bairro, escolhido para a segunda edição do evento, viu a agilidade dos serviços prestados e os moradores tiveram acesso direto ao prefeito.

“Não somos uma prefeitura de gabinetes, somos uma prefeitura da cidade. É nos bairros, conversando com a população, que temos acesso real aos problemas da comunidade. Isso jamais seria alcançado se ficássemos trancados em salas com ar condicionado. Este evento é um divisor de águas, significa efetivamente a chegada do nosso governo às localidades”, declarou o prefeito Herzem Gusmão na abertura da Prefeitura Móvel, no Bruno Bacelar.

Na oportunidade, o gestor falou sobre a revitalização do Estádio Municipal Murilo Mármore: “sempre me preocupei com a situação do Murilão. Hoje sou prefeito desta terra e não aceito encerrar o governo sem restaurar esse estádio. Ali será um espaço de convivência do bairro”.

A população contou com serviços públicos, palestras, oficinas e atendimentos nas áreas de saúde, educação, desenvolvimento social, direito, trabalho e renda. O prefeito ainda atendeu à comunidade no gabinete itinerante.

Entre os serviços que mais atraíram os moradores do local, estava o do Cartão SUS. Morando no bairro desde a década de 90, dona Maria de Lourdes Ferreira, 68, foi a primeira atendida para atualizar o seu cartão. “Eu vivo muito doente e não tinha conseguido ainda atualizar o cartão. Foi uma benção que Deus mandou. Eu fiquei muito alegre”, disse. Perguntada se já havia visto um evento como aquele, ela respondeu: “não. Eu vi agora”. E com uma gargalhada, concluiu: “foi uma maravilha mesmo!”

Toda estrutura foi montada na quadra da Igreja Batista Farol. “Ver a Prefeitura Móvel aqui é uma confirmação daquilo que tanto sonhávamos de ter a Prefeitura conosco nesta parceria. Quero agradecer ao prefeito porque esse é o momento de congraçamento”, comentou Ed Santana, presidente do projeto social Oxente que atua no bairro há 10 anos.

Alguns dos adolescentes atendidos pelo Oxente se apresentaram na programação da Prefeitura Móvel. O ArtCirco e o Tambores do Farol fizeram um belo espetáculo.

Na parte externa, os instrutores do Educarte que levaram música e lazer para a criançada. Gabriel Nascimento, 11, era um desses meninos que se divertiram. “Gostei das atividades lá de fora. Foi ótimo”, disse o garoto, num intervalo da recreação.

Os jovens também foram contemplados na ação deste sábado. Com seus 18 anos de idade, Maria Luzia de Lima, por exemplo, acompanhou sua mãe, que foi pegar a escritura da casa, e seus irmãos mais novos, que foram brincar. No espaço, ela conheceu a Coordenação da Juventude e fez o seu cadastro no Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). “Me cadastrei para ter uma oportunidade de emprego. Esse evento traz melhorias para o bairro”, relatou.

Além dos serviços municipais, também esteve presente o Projeta, disponibilizando serviços de cuidado com a beleza, como corte de cabelo e manicure; o Sebrae; a Defensoria Pública do Estado e o Balcão de Justiça e Cidadania.