Congresso do Orçamento Participativo reúne mais de 600 delegados

O evento, que chegou à sua décima primeira edição, simboliza o espaço que a participação popular tem no Governo Municipal

Após 63 plenárias, mais de 600 delegados eleitos, cem dias de muito trabalho e aproximadamente 11 mil km percorridos nas zonas urbana e rural de Vitória da Conquista, este sábado, 7 de novembro, marcou a culminância do Orçamento Participativo (OP) de 2015, com a realização do 11º Congresso. Foi chegada a hora de definir as obras prioritárias a serem realizadas pelo Governo Municipal nos anos seguintes.

Além de reunir os representantes dos bairros e localidades rurais da cidade, o evento reuniu representantes de movimentos sociais, a equipe de secretários, coordenadores e gerentes da Prefeitura e, na abertura, vereadores. O 11º Congresso do Orçamento foi realizado durante todo o dia, no auditório e demais dependências do Centro Municipal de Atendimento Especializado (Cemae).

“Este foi um momento grandioso para Vitória da Conquista, que mostrou que este é um município diferenciado, em que as pessoas compreendem perfeitamente o significado da palavra cidadania, que é composta por duas vertentes: direitos e deveres. O que a população deseja é o planejamento de ações com a participação da comunidade e é justamente isso  que o OP proporciona” ressaltou o prefeito, Guilherme Menezes.

Pelo fato da Administração levar a sério esse espírito participativo, é que o vereador Florisvaldo Bittencourt afirmou: “esse é um governo que prioriza a população e por isso utiliza os mecanismos de consulta popular em sua totalidade”. “Conquista cresce, a cada dia, porque tem um governo que respeita a sua comunidade”, completou o também vereador e Líder do Governo na Câmara, Luciano Gomes.

‘Debates’ – Após a abertura, os participantes foram divididos em 9 frentes de trabalho (cada uma com uma temática diferente) para debaterem e votarem nas propostas prioritárias. “Foi um momento muito importante, nós pudemos debater e expor as nossas necessidades. Ninguém melhor do que a comunidade para apontar quais são as reais necessidades. Foi muito positivo”, avaliou a delegada membro da comitiva do OP, Luiza Sousa.

Quem compartilhou da mesma opinião foi o delegado do bairro Jurema, Luciano Alves. “Esse congresso foi muito bom porque a gente pôde discutir as demandas. O debate é sempre muito bem-vindo”, declarou.

Também participaram da mesa de abertura, o secretário de Governo, Edwaldo Alves e o coordenador do Orçamento Participativo, João Alberto Rodrigues.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
26/05
Feirão da Caixa pretende levar 5 mil pessoas ao Centro Glauber Rocha até domingo, 28
Gabinete Civil
25/05
Prefeitura apresenta novas propostas aos professores e garante recomposição da tabela do magistério
Gabinete Civil
25/05
Prefeitura defende mais investimentos e agilidade na construção da Barragem do Catolé durante reunião no MP
Gabinete Civil
25/05
Prefeitura garante preço promocional para o servidor público em show de Roberto Carlos