Combate ao mosquito Aedes deve continuar durante o inverno

Durante o inverno, os esforços para combater o Aedes aegypti não podem ser esquecidos. Neste ano em especial, com as medidas de racionamento de água implantadas no município, os cuidados devem ser redobrados para eliminar os criadouros do mosquito transmissor da dengue, Zika e Chikungunya.

As ações regulares de combate ao município, como as visitas domiciliares para verificar focos do mosquito e borrifação em pontos estratégicos, a exemplo de cemitérios e borracharias, continuam sendo feitas. Além disso, é essencial o cidadão fazer a sua parte! Não deixar água parada em qualquer recipiente é a regra principal.

Por isso, deve-se ter muita atenção com os vasilhames utilizados para armazenamento de água durante o período de racionamento. Eles devem ser inteiramente lacrados, sem brecha alguma para o mosquito. Esses recipientes também devem ser higienizados pelo menos uma vez por semana.

Nesse intervalo, é importante ainda fazer uma vistoria em todo o imóvel para verificar o possível acúmulo de água, até mesmo em áreas improváveis. Em dias de chuva ou neblina, esse acúmulo pode acontecer com mais facilidade.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
23/08
Ministério Público e Judiciário asseguram: ação de preservação na Serra do Periperi é legal
Gabinete Civil
23/08
Governo assina TAC que retoma a operação da Zona Azul a partir de segunda, 28
Desenvolvimento Social
23/08
Bolsa Família Móvel atende a mais de 100 pessoas no povoado de Limeira
Educação
23/08
Seminário de EduComunicação discute novas formas de fazer educação ambiental