Recursos serão aplicados em melhorias nas áreas de mobilidade urbana, pavimentação e drenagem

Em audiência com prefeitos e governadores no Ministério das Cidades, em Brasília, nesta quarta-feira, 6, a fim de tratar sobre a nova seleção de projetos para o Programa de Aceleração do Crescimento, a presidenta Dilma Rousseff anunciou a aprovação de recursos de mais de R$ 80 milhões para obras em Vitória da Conquista.

O prefeito Guilherme Menezes participou da reunião, acompanhado pela coordenadora de Planejamento e Projetos da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Deborah Rocha. Os recursos foram originados dos projetos elaborados pelo Governo Municipal e enviados ao Ministério das Cidades em 2012. Ambos foram incluídas na segunda etapa do PAC 2 para cidades de médio porte.

Obras – O primeiro projeto, elaborado pelo Governo Municipal, estabelece investimentos de aproximadamente R$ 22 milhões e prevê obras de pavimentação e drenagem na zona oeste de Vitória da Conquista. Incluem-se aí partes do loteamento Miro Cairo e trechos complementares do Senhorinha Cairo do Cidade Maravilhosa. No Vila América, serão beneficiadas todas as vias nas quais ainda não foi implantado o asfaltamento e a drenagem.

O segundo projeto, focado em obras destinadas a melhorar a mobilidade urbana da cidade, prevê investimentos superiores a R$ 58 milhões. É nesse documento que está prevista a construção da futura avenida perimetral. Trata-se de uma extensa via que interligará os setores leste, sul e oeste, passando vários bairros e loteamentos.

Iniciada na saída para Barra do Choça, a avenida passará por pontos como a Universidade Federal da Bahia (Ufba), Avenida Olívia Flores, Parque Boa Vista, Shopping Conquista Sul, Avenida Juracy Magalhães, BR-116, Bairro Patagônia, Loteamento Cidade Modelo e Lagoa das Bateias, finalizando na Avenida Brumado – extremo oposto do ponto inicial.

Outra importante melhoria será a requalificação dos principais corredores de transporte coletivo da cidade. Por melhorias, entendam-se obras como recapeamento, implantação de recursos que facilitem a acessibilidade nos passeios, paisagismo e tratamento de engenharia de tráfego em todos os pontos críticos do trânsito no perímetro urbano. Há ainda a construção de um terminal de integração entre os transportes urbano e rural que operam em Vitória da Conquista.

Qualidade de vida – Após a aprovação da liberação dos recursos pelo Ministério das Cidades, o Governo Municipal tem agora um prazo até o fim de 2013 para a elaboração dos projetos executivos das obras. Assim que estiverem concluídos, eles serão encaminhados ao Ministério para uma análise final. A próxima etapa será a abertura do processo de licitação, ao fim do qual serão firmados os contratos com as empresas responsáveis por executar as obras.

O secretário municipal de Mobilidade Urbana, Luis Alberto Sellmann, destaca que todas as obras previstas foram decididas, inicialmente, com base nas reivindicações feitas pelos moradores, e em seguida submetidas a criteriosos estudos, a cargo da equipe técnica do Governo Municipal. “Todas essas melhorias serão decisivas para a melhoria da qualidade de vida da população”, enfatiza.