Vila do Reisado celebra cultura nordestina

Além de valorizar manifestações populares, a Vila também é uma oportunidade de renda para comerciantes locais

Em frente ao Memorial Régis Pacheco, casas de taipa com adereços e ornamentações que relembram a cultura nordestina são uma opção de lazer e cultura a mais na 16ª edição do Natal da Cidade, em Vitória da Conquista. O cenário, com espaços temáticos que ilustram e celebram a cultura popular, constitui a Vila do Reisado, montada na Praça Tancredo Neves.

Andreia Braga

O local, cuja concepção artística é da cenógrafa Victória Vieira e do artista plástico Marcelo Viana, atrai visitantes das mais diferentes idades. Os adultos são envolvidos pela história, decoração e pelas manifestações populares que a Vila apresenta. “Estou adorando e acredito que neste ano, a Vila superou o ano passado. Tem coisas aqui que a gente não vê e nem sabia que existia”, ressaltou a representante farmacêutica, Andreia Braga. As crianças também ficam encantadas pelas cores e luzes, e se divertem com os brinquedos infláveis que foram instalados ao lado da Vila do Reisado.

Osana Soares

A funcionária pública Osana Soares veio de Itabuna para apreciar o Natal da Cidade em Vitória da Conquista.  Segundo ela, a Vila relembra aspectos fundamentais das tradições natalinas. “É um espaço muito criativo que resgata a rica cultura da nossa região. Aqui vemos a tradição e um colorido especial integrando a história do Natal”, declarou.

Manoel Messias

Geração de renda – A Vila do Reisado também é um espaço de valorização e oportunidades para comerciantes locais com a instalação de lojinhas de comidas típicas. O vendedor Monoel Messias assegura que a montagem do cenário foi fundamental para aumentar a renda durante os festejos de final de ano. “É uma coisa muito boa porque a gente pode expor e comercializar o produto da gente gerando uma renda extra que vem em uma boa hora nesta época do ano”, contou.

Na Vila do Reisado, além de apreciar a cultura natalina, os visitantes também podem encontrar materiais em barro, bonecos, retirar fotos na hora, além de conhecer um Auto dos Reis feito com marionetes e adereços típicos dos reiseiros. “Temos sempre a preocupação de não deixar  morrer a tradição do reisado em nossa cidade”, certificou Victória.

Fotos: SecomPMVC/Emanuel Nem Moraes

Notícias Relacionadas

Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
22/06
Caetano Bonfim, Fulor do Cangaço e Rony Barbosa abrem Arraiá da Conquista
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
22/06
Abertura do Arraiá da Conquista consagra sucesso do evento
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
21/06
Arraiá da Conquista no Centro Cultural Glauber Rocha começa nesta quarta, 21
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
20/06
Arraiá da Conquista valoriza tradição regional no Centro Cultural Glauber Rocha e distritos