Trigêmeos nascem no Hospital Municipal Esaú Matos

O hospital foi indicado pelo médico da paciente por ser referência em gestação de alto risco na região

Todos os dias são realizados uma média de 13 partos no Hospital Municipal Esaú Matos, administrado pela Fundação de Saúde de Vitória da Conquista. Mas, no último domingo, 27, um parto de trigêmeos chamou a atenção de toda a equipe. Isso porque, estima-se que de cada 8 mil mulheres grávidas, apenas uma consegue engravidar de trigêmeos naturalmente.

Foi o que aconteceu com a moradora de Rio de Contas, Neucimar Nunes, 18. Às 8h20, por meio de parto cesáreo, feito pelas obstetras Maria Guiomar de Almeida e Carla Cristiane de Oliveira, a jovem deu à luz a Moisés, Jonathan e Sofia. “Descobri que estava grávida de trigêmeos aos três meses de gravidez. Tomei um susto, mas depois me acostumei com a ideia”, lembrou Neucimar.

O parto aconteceu após 35 anos semanas de gestação. Por se tratar de uma gravidez de alto-risco, o médico de sua cidade a orientou procurar o Esaú Matos – o hospital é o que oferece, na região, as condições necessárias para esse tipo de atendimento, com suporte de UTI Neonatal e equipe especialista. O Esaú é referência em gestação de alto risco.

Saudáveis, cada um dos três pesa pouco mais de 2 kg. Eles ficaram com a mãe no alojamento conjunto do hospital. “Estou muito feliz e agradecida a Deus”, ressaltou Neucimar.

A irmã de Jeferson Jonas de Jesus, pai das crianças, Daniela Santos, acompanhou a cunhada e falou da emoção da família com esse raro acontecimento. “Não temos conhecimento de nenhum nascimento de gêmeos em nossa família. Estes são os primeiros e, para nós, é uma grande novidade. Estamos muito felizes e ajudaremos no que for preciso”, destacou Daniela.

Notícias Relacionadas

Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
23/07
Ciclistas realizam ato e pedem respeito no trânsito
Educação
21/07
Capacitação do Pacto Pela Educação reúne mais de 450 educadores
Infraestrutura Urbana
21/07
Prefeitura inicia recapeamento asfáltico da avenida Amazonas
Gabinete Civil
21/07
Prefeitura e Coelba assinam termo de compensação ambiental