Surdos e ouvintes prestigiam 1º Encontro do Dia dos Surdos

Aproximadamente 400 pessoas marcam presença nos dois dias de evento

No auditório da Secretaria Municipal de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre), na última sexta-feira, 25, várias pessoas gesticulavam com suas mãos e o entusiasmo nas suas faces transparecia. Alguns ouvintes tentavam entender, mas a maioria ainda não tem muito conhecimento sobre a Língua Brasileira de Sinais. Porém, os surdos de Vitória da Conquista têm nos feito ouvir as conquistas alcançadas nos últimos anos, principalmente neste período de um ano.

E foi para mostrar essa história e pensar nas melhorias de políticas públicas para este público que foi realizado o 1º Encontro do Dia dos Surdos, realizada pela Associação de Surdos de Vitória da Conquista (ASVC), com o apoio da Prefeitura.

“Foi, para mim, um momento muito feliz quando fui convidado a participar de uma reunião com essa associação, pois o Governo é para todos e é importante que a Administração entenda a realidade de cada pessoa pelo ponto de vista dela”, declarou o prefeito Guilherme Menezes, que finalizou dizendo: “Vitória da Conquista está se qualificando para ser uma cidade da inclusão”.

O presidente da Associação, Magno Prates, também faz parte da Administração Municipal como gerente de Inclusão na Secretaria de Educação desde julho deste ano. Magno comentou sobre o objetivo do encontro e da satisfação em ver o auditório repleto de surdos e ouvintes. “É com orgulho que mostro essa língua que há anos ficou escondida. Hoje, temos colocado o rosto a mostra com a ajuda do Governo que temos”, discursou o jovem.

A ponte entre ambas as instituições se deu por meio da Coordenação Municipal da Juventude, assim que a ASVC foi criada no começo de 2014. “Essa associação quebrou tabu ao ser composta exclusivamente por pessoas surdas ou com deficiência auditiva e houve uma sensibilização do Governo Municipal para com ela”, comentou Rudival Maturano, coordenador da pasta.

Na palestra de abertura, o presidente da Associação de Surdos tratou do seguinte tema: “História da comunidade surda de Vitória da Conquista – A busca por melhores políticas públicas para uma sociedade inclusiva”. Ainda houve duas apresentações cênicas: “O sofrimento com a proibição da língua de sinais em Milão” e “A liberdade da língua de sinais”. Um vídeo em homenagem ao servidor público municipal Nilton Rocha Cardoso, 53, também foi exibido no encontro. Ele é surdo e, há 23 anos, trabalha como carpinteiro na Prefeitura.

A data de 26 de setembro é celebrada como Dia Nacional dos Surdos.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
28/03
Prefeitura intervém e finalmente Governo Federal libera R$144 milhões para construção da Barragem do Catolé
Notícias
28/03
Prefeitura instala novas lixeiras nas feiras livres
Gabinete Civil
28/03
Prefeitura participa da cerimônia de boas vindas aos novos atiradores do Tiro de Guerra
Notícias
27/03
Fundação de Saúde: funcionários participam da Sipat até sexta, 31