Gestores e técnicos dos serviços que compõem a Rede de Assistência Social do Município participaram, nesta sexta-feira (11), de uma importante oficina para a elaboração do Plano de Ação em 2019. Realizada no Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente, foi promovida pela Coordenação de Planejamento e Vigilância Socioassistencial, que integra a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes).

O encontro abordou questões normativas que impactam no planejamento de Assistência Social do município. Também foram apresentados dados dos indicadores municipais em 2018, essenciais para a elaboração do Plano de Ação em 2019.

“O Plano de Ação é pactuado com os governos Federal e Estadual. Esse plano apresenta as metas físicas que o município precisa cumprir, dialogando com os repasses financeiros. À luz desse pacto é que nortearemos todas as ações que serão realizadas no âmbito da Assistência Social no nosso município. Por isso, estamos abordando todas as normativas que impactam em uma oferta qualificada, que dialogue com a realidade de Vitória da Conquista”, explicou a coordenadora de Vigilância Socioassistencial, Cléa Malta.

Na oportunidade, o secretário interino de Desenvolvimento Social, Michael Farias, destacou a importância desse planejamento. “A Secretaria de Desenvolvimento está muito focada em potencializar as ações que estamos desenvolvendo. A ideia é fortalecer o processo de planejamento, enfrentando as principais vulnerabilidades que estão presentes em nosso município, para que assim possamos melhorar cada vez mais os nossos serviços”, afirmou.

A gerente de Proteção Social Especial, Débora Taita, aprovou a iniciativa. “O município está passando por um momento importantíssimo no que tange a Assistência Social. Por isso, fazer a leitura desses dados apresentados é fundamental para planejarmos as nossas ações. Tenho certeza que faremos significativos avanços na área assistencial”, disse.