Vários serviços foram ofertados à população

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), por meio do Serviço de Referência Especializado de Assistência Social para a população que mora na zona rural, promoveu, nessa quarta-feira, 24, o Projeto “Um dia de Ação Social”, no distrito de São Sebastião. A atividade, realizada na Escola Municipal Euclides da Cunha, ocorreu em parceria com a equipe do Balcão de Justiça e Cidadania da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Suely de Souza Lyra

Na oportunidade, a coordenadora do Serviço de Referência Especializado de Assistência Social para a população que mora na zona rural, Suely de Souza Lyra, destacou a importância da realização de iniciativas como essa. “Nós sempre realizamos essas atividades, porque é uma oportunidade para divulgarmos os serviços de assistência  à população da zona rural, entre outros que são ofertados no município. Além disso, ações como essa fortalecem o vínculo entre o serviço com a comunidade e com a Rede Socioassistencial de Vitória da Conquista”, disse.

Deborah Santana

A assistente social Deborah Santana também falou sobre a iniciativa. “Desde 2012, o Balcão de Justiça e Cidadania da Uesb vem realizando ações sociais nos distritos de Conquista, para promover uma maior integração do Poder Judiciário  com a comunidade. Nós percebemos que as pessoas não tinham conhecimento dos serviços jurídicos que são oferecidos de forma gratuita e, por isso, decidimos levá-los até elas”, assegurou.

Pessoas de todas as idades participaram das atividades

Ao longo do dia, os presentes puderam ser orientados pela equipe do Centro de Apoio e Atenção à Vida Dr. David Capistrano Filho (Caav) sobre doenças sexualmente transmissíveis. Na ocasião, a equipe do Caav também fez a distribuição de preservativos. Já a equipe que trabalha na Unidade de Saúde da Família de São Sebastião atendeu à comunidade com a oferta de serviços de aferição de pressão, teste de glicemia, saúde bucal e avaliação nutricional.

Solange da Silva

Durante a ação, também foram ofertados serviços de atendimento ao cidadão, da Companhia de Eletricidade do Estado, da Empresa Baiana de Águas e Saneamento e do Conselho Tutelar. A comunidade também contou com atendimento psicológico e atividades de dança, percussão, judô, cinema, entre outras atividades de cultura e lazer.

Vanilce Fonseca

Os participantes da Ação Social avaliaram a atividade positivamente. Para a dona de casa Solange da Silva, o projeto foi uma oportunidade para ela regularizar algumas pendências. “Achei ótima essa iniciativa de trazer esses serviços aqui para a comunidade. Por isso, aproveitei e já agendei para tirar a minha identidade”, contou. Quem também aproveitou para deixar os exames em ordem foi a aposentada Vanilce Fonseca. “Assim que fiquei sabendo dessa ação, logo quis participar, para poder fazer os exames e tirar algumas dúvidas”, disse.