Segurança do público é prioridade para a Prefeitura no Natal da Cidade

 

Um grande aparato de segurança é mantido para que a comunidade possa desfrutar, sem transtornos, da alta qualidade dos espetáculos musicais

Assim que entraram no Centro Glauber Rocha – Educação e Cultura no sábado, 20, para participar da segunda noite da 18ª edição do Natal da Cidade, o casal Afrânio Cunha e Ivone Cardoso passaram pela revista que é feita em todos os cidadãos que vão ao local para acompanhar as atrações musicais. Também foram filmados pelas quatro câmeras de videomonitoramento instaladas no espaço, que permitem que haja uma vigilância permanente sobre os acontecimentos no espaço.

Afrânio, que trabalha no ramo de comunicação visual, admitiu que o procedimento é, sim, necessário. “Faz parte da segurança. Para mim, tudo bem”, resumiu. Já Ivone foi mais enfática ao reconhecer que a revista, assim como todo o aparato de segurança, é indispensável: “Isso é muito importante. Se todos os eventos tivessem essa abordagem, isso evitaria muitas coisas. A Prefeitura está de parabéns”.

Além das câmeras e da revista, o aparato de segurança montado pela Prefeitura para o Natal da Cidade envolve um efetivo de mais de 60 policiais militares por dia, circulando no interior e no entorno do Centro Glauber Rocha. Todos os dias, há duas viaturas que permanecem na área externa, a fim de interceptar qualquer ameaça que possa adentrar o local do evento natalino. “O policiamento está montado em conjunto com os outros órgãos. Estamos trabalhando com esta parceria para dar à sociedade esse apoio e essa sensação de segurança necessária”, explicou o capitão Mirialdo Rosa, que comandou o policiamento na área do Natal da Cidade no sábado, 20.

Reforço – Os bombeiros mantém no Centro Glauber Rocha, durante todas as noites do evento, cinco pessoas e duas viaturas – uma maior, pronta para qualquer ação de combate a incêndios, e outra menor, apropriada para situações em que seja necessário um deslocamento com mais rapidez. Há ainda o efetivo que fica de prontidão no 7º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), pronto para agir em qualquer eventualidade. Some-se a isso mais duas viaturas de combate a incêndios e uma de busca e salvamento, além dos bombeiros que ficam aquartelados durante o evento.

“A participação do bombeiro visa reforçar a segurança no que tange ao combate a incêndio ou a um atendimento que seja necessário para qualquer pessoa que seja vítima de qualquer mal súbito, ou acidente”, esclareceu o capitão Guimarães, coordenador de serviços do Corpo de Bombeiros.

‘Gostei muito’ – Ao efetivo formado pela PM e pelos bombeiros, acrescentem-se a segurança patrimonial da Prefeitura, a Gerência de Posturas, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, entre outros. É por isso que, segundo a Polícia Militar, a primeira noite do Natal da Cidade 2014, na sexta-feira, 19, transcorreu sem maiores incidentes. E, caso haja alguma eventualidade, todos os órgãos de segurança estarão lá, prontos para garantir a integridade física de quem foi para desfrutar da qualidade musical do evento natalino promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.

“Eu gostei muito. A Prefeitura colocou muita segurança para a gente aqui”, afirmou a atendente Adriana Rosa de Oliveira, que foi ao evento acompanhada por uma colega de trabalho e duas crianças, uma com dez anos e outra com três. “E é isso o que importa: a segurança”, assegurou.

Notícias Relacionadas

Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
20/07
Aula magna marca início do segundo semestre no Conservatório de Música
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
18/07
Esporte amador movimenta a cidade e atrai atletas da região
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
17/07
Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer funciona em novo endereço
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
17/07
Cultura de Beco é opção na cena alternativa de Vitória da Conquista