Robert, o garoto que nasceu para ser campeão

Tranquilo e disciplinado, o educando do Conquista Criança conquistou três medalhas no Campeonato Baiano de Karatê Interestilos

As lembranças da participação no 21º Campeonato Baiano de Karatê Interestilos, realizado nos dias 15 e 16 de agosto, em Lauro de Freitas, ainda estão bem nítidas na memória de Robert Lopes dos Santos, 11 anos. E, como que para reforçá-las ainda mais, ele mostra com orgulho as três medalhas que trouxe de lá: uma de ouro (obtida na modalidade kata*, em equipe); outra de prata (kumite** em equipe) e a terceira de bronze (kata, individual).

“Fico lembrando como foram as coisas lá. Eu me diverti muito”, relata Robert, tentando vencer a timidez. “Sinto muita alegria, porque eu dei o meu máximo para conquistar as medalhas”, complementa o jovem “faixa vermelha”. A graduação corresponde à terceira etapa de uma série de oito, na qual a faixa preta representa o grau máximo a ser alcançado.

Foi a primeira vez que o garoto participou de uma competição de maior porte. Uma das diferenças ele sentiu nos momentos em que subiu no pódio para receber suas medalhas. “Tem mais pessoas olhando para a gente”, recordou.

‘Campeão’ – Robert se iniciou no karatê há alguns anos, numa oficina oferecida pelo programa municipal Escola Mais. Depois, manteve a prática do esporte no Conquista Criança, programa em cuja sede ele passa a maior parte de seu tempo: levanta-se às 6h e, pouco depois das 7h, o transporte oferecido pela Prefeitura aparece para apanhá-lo no Vila América, onde mora com a mãe e as duas irmãs mais velhas.

Antes das 8h, chega ao Conquista Criança e toma café da manhã. Depois disso, segue para a sala de aula. Robert é um dos 200 alunos da escola de tempo integral recém-fundada pela Prefeitura para atender exclusivamente a educandos do programa. Lá, o garoto cursa o 5º ano do Ensino Fundamental.

Após almoçar ao meio-dia, sua tarde é reservada à participação nas oficinas. Está matriculado nas de informática, percussão, dança e karatê, além das atividades na biblioteca do programa. A professora Alcina Lúcia Simões, coordenadora do Conquista Criança, descreve Robert como “uma criança extremamente tranquila”.

“Ele é um aluno que se destaca e não apresenta nenhum problema de indisciplina. Tem um destaque em tudo o que se determina a fazer. Nasceu para ser um campeão. É um menino que promete, principalmente pelo nível de determinação que tem”, afirma ela.

Esforço constante – Há algum tempo, Robert passou a praticar karatê numa academia da cidade, graças a uma bolsa de estudos. Para isso, ele contou com o apoio das professoras Renata Silva e Sheily Nascimento. Treina três vezes por semana: às quartas e sextas, depois de sair das instalações do Conquista Criança, e nas manhãs de sábado. O esforço é constante, mas ele o segue com a mesma “determinação” mencionada por Alcina Lúcia. “Senão, perco o condicionamento físico”, registra o pequeno carateca.

A manutenção dessa disposição para treinar obedece ao que Robert pensa para o futuro. Ele pretende continuar a se dedicar aos treinos e multiplicar suas medalhas no karatê – inclusive em competições internacionais, como as olimpíadas. Mas também quer se tornar um professor de karatê. Diz que, dessa forma, passará para outros garotos o que está aprendendo. “Eu me encantei pelo karatê”, diz ele. “Acho muito divertido e ensina muitas coisas. Principalmente a educação”.

Novas competições – Enquanto esses sonhos não se concretizam, ele continua com suas atividades em tempo integral no Conquista Criança. E, ao mesmo tempo, intensifica os treinamentos com vistas às próximas competições de karatê nas quais quer tentar outras medalhas: primeiro, já no próximo fim de semana, uma em Iguaí – para a qual, aliás, também deverão ir outros colegas do Conquista Criança. E, mais à frente, em novembro, algo maior: o Campeonato Brasileiro de Karatê Interestilos, a ser disputado em Fortaleza.

*Kata é a modalidade em que o atleta apresenta sozinho uma sequência de movimentos, numa espécie de “luta imaginária”.

**Kumite, por outro lado, é a luta em que há o confronto direto entre dois atletas.

Notícias Relacionadas

Desenvolvimento Social
19/10
Crav realiza orientação para prevenção do câncer de mama
Desenvolvimento Social
11/10
Cras Jardim Valéria celebra Dia das Crianças no Estádio Lomanto Júnior
Desenvolvimento Social
07/10
Cerca de 200 pessoas de São João da Vitória são atendidas pelo Bolsa Família Móvel
Desenvolvimento Social
06/10
Mês da Criança: Cras oferece serviço de beleza no Bruno Bacelar