Recitais marcam última noite do I Festival Internacional de Violão

Heryck Almeida: “Agradeço a oportunidade de mostrar o meu trabalho”

A última noite do I Festival Internacional de Violão contou com a participação de violonistas renomados internacionalmente. As apresentações da noite de sábado, 23, encantaram os presentes, que em vários momentos aplaudiram de pé os concertistas.

A abertura dos concertos foi feita pelo ex-aluno do Conservatório Municipal de Música, Heryck Almeida. Na oportunidade, ele apresentou duas peças de sua autoria. “Agradeço a oportunidade de mostrar o meu trabalho e o incentivo do Conservatório Municipal e do Movimento Violão”, disse.

João Carlos Victor: “Fiquei muito contente com o convite”

Logo depois, quem subiu ao palco foi o violonista mais premiado de sua geração, o baiano João Carlos Victor. Detentor de mais de 10 prêmios em importantes concursos, como o Ligita International Guitar Competition, o músico apresentou peças do compositor argentino Piazzolla, dos músicos espanhóis Luis de Narváez e Joaquín Rodrigo e do maestro Villa-Lobos. Sobre o Festival de Violão, o músico declarou: “É um prazer enorme participar desse evento aqui em Conquista, pois nós baianos temos sempre que ir ao sudeste ou sul do país para participarmos de eventos como esses. Fiquei muito contente com o convite”.

Jorge Caballero: “É sempre uma alegria poder compartilhar meu talento com todos”

Ovacionado muitas vezes durante a apresentação, o violonista peruano Jorge Caballero apresentou adaptações de peças do cantor, maestro e violinista alemão, Sebastian Bach, e de compositores russo e latino-americanos. Segundo Caballero, foi uma grande alegria a participação no I Festival Internacional de Violão. “Para mim foi um prazer ser convidado. É sempre uma alegria poder compartilhar meu talento com todos, é um grande privilégio para mim”, afirmou.

Jovens violonistas são ovacionados pelo público

Jorge Caballero é o mais jovem músico e único violonista a ganhar o prêmio Naumburg International Competition, um dos mais prestigiados e cobiçados prêmios concedidos a artistas de qualquer instrumento, comparável ao Prêmio Pulitzer para músicos. Conhecido pela intensidade de suas performances, Caballero é considerado, por muitos, um dos melhores violonistas de sua geração.

Notícias Relacionadas

Educação
15/10
Professora da rede destaca profissão como ferramenta de transformação social
Educação
11/10
Magia do circo anima festa do Dia das Crianças em creche municipal
Educação
11/10
Professores e coordenadores da Educação de Jovens e Adultos participam de capacitação
Educação
11/10
Secretaria Municipal de Educação e Defensoria Pública discutem propostas ambientais nas escolas