Público aprova o resgate à cultura promovido pelo Festival de Forró

As bandeirolas colorem o céu noturno, enquanto o aroma das especiarias do quentão se confundem com o cheiro de amendoim, milho cozido e outras comidas típicas do mês de junho. Quem se aproxima da Praça 9 de Novembro nesta época tem a sensação inconfundível de estar adentrando em um verdadeiro arraial. Na noite desta sexta, 13, o forró pé de serra completou mais uma vez esse cenário, durante a grande final do 5º Festival de Forró, uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.

Wailly Freitas na companhia de sua esposa.

Famílias, casais e grupos de amigos encontraram no festival o ambiente ideal para saudar o São João em um momento de lazer e descontração, comprovando pelo quinto ano consecutivo a aprovação do público diante dessa iniciativa. Além de ser uma ocasião propícia à diversão, a população reiterou a importância do evento para o reconhecimento e valorização dos artistas regionais, resgatando a cultura do forró tradicional.

“Apesar de Conquista ficar perto de Minas Gerais, nós somos o Nordeste, e temos que incentivar sempre a nossa cultura”, ressaltou Wailly Freitas, que esteve na praça na companhia de sua esposa. Para ele, apesar das mudanças trazidas nos mais diversos âmbitos pelo avanço da tecnologia, manter as raízes é essencial para se projetar o futuro.

Jardel Novais e sua esposa

Jardel Novais prestigiou o Festival de Forró pela primeira vez, neste ano. A afinidade foi tanta, que desde o início do evento ele tem acompanhado todas as etapas eliminatórias. Nesta noite, a expectativa foi grande para finalmente conhecer o resultado. “É um apoio à nossa cultura nordestina e ao forró da nossa região. Está muito bom, tem muita banda boa”, avaliou.

Valdeílson Dias e a pequena Maria Eduarda.

Um evento para toda a família – é assim que Valdeílson Dias encara o Festival de Forró. Na companhia da sua filha, Maria Eduarda, vestida como uma tradicional caipira de festa junina, ele não perdeu a oportunidade de participar mais uma vez da celebração. “É importante incentivar a criança a conhecer a cultura local. Desde cedo, ela já vai se acostumando com o São João da cidade”, explica. Valdeílson conta ainda que está sempre participando de momentos como este. Sair do trabalho, pegar a filha na escola e se encontrar com a esposa já é um ritual certeiro sempre que há programação diferenciada na praça.

Marviael Moreira e sua esposa

Dentre os apaixonados pela festa junina, também está Marviael Moreira. Pela primeira vez no Festival de Forró, ele já aprovou a iniciativa. “O São João para mim é uma das melhores festas durante o ano. A gente gosta muito do forrozinho, das comidas típicas, do quentão. É muito gostoso”, afirma.

[nggallery id=119]

 

Notícias Relacionadas

Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
16/08
Livro “Ex-voto do México” será lançado no Memorial Régis Pacheco
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
13/08
Vitória da Conquista sedia 1ª Corrida em Prol da Criança com Câncer
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
11/08
TV Cidadania e Museu Glauber Rocha são temas de reunião no Conselho de Cultura
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
08/08
Prefeitura e entidades municipais envolvidas com esporte discutem segurança no futebol