Projovem Urbano realiza atividade em comemoração do Dia da Mulher

Aconteceu nesse sábado, 7, – como parte da programação especial em homenagem ao Mês da Mulher promovida pela Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista – uma ação social da Secretaria Municipal de Educação, executada por meio do Projovem Urbano, cujo tema foi “Violência doméstica e intrafamiliar contra a mulher”. A iniciativa foi realizada na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, do bairro Patagônia, e foi direcionada aos alunos da Escola Municipal Isa Medeiros.

Durante a atividade, os participantes tiveram acesso a alguns serviços de beleza e estética, artesanato, avaliações com nutricionistas, degustação de alimentos saudáveis e exames oftalmológicos. Além disso, participaram de uma palestra ministrada por representantes do Centro de Referência Albertina Vasconcelos (CRAV), como também, puderam prestigiar apresentações de capoeira e de voz e violão com os artistas regionais, Magna Cristina e Luciano Pepê.

Para a realização do evento, o Projovem Urbano contou com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde, do Serviço Social do Comércio (Sesc) e do grupo Mãos que Ajudam.

‘Projovem Urbano’ – O Projovem Urbano destina-se a promover a inclusão social dos jovens brasileiros de 18 a 29 anos que, apesar de alfabetizados, não concluíram o ensino fundamental, buscando sua reinserção na escola e no mundo do trabalho. A carga horária do programa é de 2.000 horas, a serem cumpridas ao longo de 18 meses letivos. O Projovem tem duração de 18 meses e oferece formação no Ensino Fundamental, cursos profissionais, aulas de informática e auxílio de R$ 100,00 por mês.

Notícias Relacionadas

Educação
21/06
Festa junina da Escola Zulema Cotrim revela busca por inclusão na Rede Municipal de Ensino
Educação
20/06
Conselho Municipal de Educação define calendário de reposição de aulas
Educação
19/06
Prefeitura assina convênio que transforma Patrulhando a Cidadania em escola municipal
Educação
08/06
Prefeito visita depósito e avalia projetos para melhorar a qualidade da merenda escolar