Atividades artísticas voltadas aos servidores do Hospital Municipal Esaú Matos tem, há vários meses, mudado a rotina do hospital. A maternidade, administrada pela Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista, adotou a arte como estratégia para integrar os servidores com ações voltadas à valorização profissional.

O projeto “De Bem Comigo”, coordenado pela artista e técnica em assuntos culturais do hospital, Daisy Andrade, tem por objetivo integrar os profissionais da área da saúde através de ações culturais, lúdicas e terapêuticas. Formada em Artes Cênicas, Daisy explica a importância do projeto. “A ideia, já que aderimos a campanha do Setembro Amarelo (voltada à prevenção da depressão e do suicídio), é a de promover a autoestima das pessoas que trabalham no hospital”.

A atriz ainda explica que tudo faz parte das práticas integrativas e complementares, que compõem a parte de pesquisa e extensão do hospital e que conta ainda com o apoio dos estudantes de psicologia da Uesb. “São várias linhas de terapia, além de serviços de estética como a oferecida hoje. Assim, todos os meses têm atividades com ênfase no lúdico e eu, como produtora teatral, recebo as ideias e faço uma compilação”, ressalta a artista.

Nessa sexta-feira (14) foram oferecidos serviços de manicure, pedicure, cabeleireiro e maquiagem, com o apoio do Senac. Os próximos a serem oferecidos serão ioga e meditação. “Primeiro trabalharemos o aspecto externo e a próxima etapa será voltada ao interior da pessoa, para que os servidores do hospital trabalhem bem consigo”, relata Daisy.

Wagna Iris, funcionária da área de regulação do hospital, diz que procura participar de todas as ações. “Acho excelente a iniciativa e todos os colegas elogiam o trabalho. Hoje estava de folga e vim até o hospital para usufruir do serviço”, conta a servidora.