“Este ano tivemos investimentos importantes nos nossos alunos. Os encontros de treinamento também foram muito válidos, pois contemplaram de forma significativa os conteúdos estudados no Ensino Fundamental”, disse a professora de Matemática, Nilma Costa, em apresentação do Projeto Aprova Brasil. Realizada na manhã desta terça-feira, 5, a atividade reuniu professores, coordenadores pedagógicos, diretores de escolas e estudantes participantes do projeto.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Editora Moderna, o Aprova Brasil atendeu alunos do 9º ano do Ensino Fundamental de 27 escolas públicas municipais. Além de encontros para troca de experiências e análise dos resultados obtidos durante o projeto, professores e alunos tiveram acesso a material didático específico. “Trata-se de um material que ajuda os professores, criando condições e caminhos para o ensino, declarou a representante da Editora Moderna, Maria Gerliene Maia”. E destacou: “a parceria com o município foi importante e demonstrou o quanto a Prefeitura está preocupada em oferecer uma educação de qualidade”.

Criado também com o propósito de preparar os estudantes para realização da Prova Brasil, o material tem como foco a compreensão leitora e o desenvolvimento da competência matemática. “Para que continuemos realizando um trabalho que contribua com a melhoria da proficiência dos nossos alunos em matemática e língua portuguesa, o Governo Municipal já autorizou o início do processo para aquisição de materiais do Projeto Aprova Brasil para todos os alunos do Ensino Fundamental II, 6º ao 9º ano”, anunciou o assessor de Gabinete da Secretaria Municipal de Educação, Lucas Dias.

Para a professora de Língua Portuguesa, Missilene de Magalhães, a Prova Brasil é um instrumento positivo de avaliação e por isso deve ser encarada com compromisso. “A prova nos permite comparar o nível de aprendizado e os resultados dos nossos alunos com os alunos de outras escolas e de outros municípios”, lembrou. “Ao aderir a esse projeto, o município está investindo no melhor aprendizado dos alunos e, consequentemente, isso refletirá no aumento dos índices nas avaliações externas, a exemplo do IDEB”, explicou a coordenadora pedagógica da Editora Moderna, Gerliene Maia.

O evento contou ainda com palestra, apresentações culturais feitas por alunos e monitores do Educarte e premiação das escolas participantes.