Projeto Aprova Brasil é oferecido a todos os alunos do Ensino Fundamental II

“Este ano tivemos investimentos importantes nos nossos alunos. Os encontros de treinamento também foram muito válidos, pois contemplaram de forma significativa os conteúdos estudados no Ensino Fundamental”, disse a professora de Matemática, Nilma Costa, em apresentação do Projeto Aprova Brasil. Realizada na manhã desta terça-feira, 5, a atividade reuniu professores, coordenadores pedagógicos, diretores de escolas e estudantes participantes do projeto.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Editora Moderna, o Aprova Brasil atendeu alunos do 9º ano do Ensino Fundamental de 27 escolas públicas municipais. Além de encontros para troca de experiências e análise dos resultados obtidos durante o projeto, professores e alunos tiveram acesso a material didático específico. “Trata-se de um material que ajuda os professores, criando condições e caminhos para o ensino, declarou a representante da Editora Moderna, Maria Gerliene Maia”. E destacou: “a parceria com o município foi importante e demonstrou o quanto a Prefeitura está preocupada em oferecer uma educação de qualidade”.

Criado também com o propósito de preparar os estudantes para realização da Prova Brasil, o material tem como foco a compreensão leitora e o desenvolvimento da competência matemática. “Para que continuemos realizando um trabalho que contribua com a melhoria da proficiência dos nossos alunos em matemática e língua portuguesa, o Governo Municipal já autorizou o início do processo para aquisição de materiais do Projeto Aprova Brasil para todos os alunos do Ensino Fundamental II, 6º ao 9º ano”, anunciou o assessor de Gabinete da Secretaria Municipal de Educação, Lucas Dias.

Para a professora de Língua Portuguesa, Missilene de Magalhães, a Prova Brasil é um instrumento positivo de avaliação e por isso deve ser encarada com compromisso. “A prova nos permite comparar o nível de aprendizado e os resultados dos nossos alunos com os alunos de outras escolas e de outros municípios”, lembrou. “Ao aderir a esse projeto, o município está investindo no melhor aprendizado dos alunos e, consequentemente, isso refletirá no aumento dos índices nas avaliações externas, a exemplo do IDEB”, explicou a coordenadora pedagógica da Editora Moderna, Gerliene Maia.

O evento contou ainda com palestra, apresentações culturais feitas por alunos e monitores do Educarte e premiação das escolas participantes.

Notícias Relacionadas

Educação
15/12
Seminário apresenta trabalhos desenvolvidos na Rede Municipal de Ensino
Educação
15/12
Alunos de escola municipal apresentam espetáculo de dança em shopping
Educação
13/12
3ª Mostra de Cinema de Cabeceira: alunos da Escola Francisco Vasconcelos exibem seus próprios filmes
Educação
11/12
Inscrições para Curso de Férias do projeto Educarte estão abertas