“A capacitação é uma maneira de a equipe estar habilitada para cuidar de uma situação que é de urgência e emergência”, explicou o coordenador de Enfermagem

Atividade envolveu médicos, enfermeiros e fisioterapeutas da instituição

A tarde desta segunda-feira (30) foi de atualização profissional para os enfermeiros e fisioterapeutas do Hospital Municipal Esaú Matos. Eles participaram de um curso sobre Suporte Avançado de Vida, direcionado à reanimação materna e assistência por enfermeiros.

O Coordenador de Enfermagem, Gustavo Cabral, fez a palestra à equipe. Na oportunidade, foram reforçadas algumas questões, como a checagem do pulso, a execução das compressões torácicas e a conduta dos socorristas.

“O Esaú é referência em gestação de alto risco. Então, nos prepararmos, antecipadamente, para uma reanimação cardiopulmonar materna é superimportante. É uma maneira de a nossa equipe estar habilitada para cuidar de uma situação que é de urgência e emergência”, esclareceu Gustavo.

Por isso, de acordo com a enfermeira Kênia Barbosa, que atua no Centro Obstétrico, os conhecimentos adquiridos vão contribuir, e muito, no trabalho que executa. “Esse curso qualifica ainda mais a equipe, melhora a comunicação entre os profissionais e, consequentemente, o trabalho. Com isso, o maior beneficiado será o paciente”, avaliou a enfermeira.

Para aperfeiçoar essa interação entre os diversos profissionais do hospital, que a capacitação é multiprofissional. Na última semana, médicos e outros enfermeiros já haviam participado da iniciativa. “No treinamento, colocamos quais as responsabilidades e diferenças de cada categoria no atendimento, daí ela ter esse caráter multiprofissional”, enfatizou Gustavo.

Mensalmente, são realizadas capacitações para os profissionais do hospital, como forma de investir nos colaboradores e gerar, sempre, um melhor atendimento para a população.