Profissionais de Saúde recebem capacitação sobre hemorragia pós-parto

O Hospital Municipal Esaú Matos sediou, durante este fim de semana, o curso “Zero Morte Materna por Hemorragia Pós-Parto”, voltado para médicos e enfermeiros obstetras de sete cidades da região. Promovido pelo Ministério da Saúde, em parceria com as organizações Mundial e Pan-Americana de Saúde, o curso tem o objetivo de reduzir a mortalidade materna em decorrência de hemorragia.

A hemorragia pós-parto, ao lado do aborto e da hipertensão, é uma das principais causas de morte de gestantes no Brasil. Estima-se que, na Bahia, 70 mulheres morrem a cada 100 mil nascimentos, quando o tolerável seriam sete mulheres. Ou seja, no estado, a mortalidade materna é dez vezes maior do que o aceitável. E, em 93% dos casos, essas mortes poderiam ter sido evitadas.

“Por isso, reunimos estes profissionais para serem treinados em diagnosticar precocemente, tratar corretamente e transportar essas mulheres com boas condições de saúde para chegarem num lugar aonde as medidas definitivas serão tomadas, que permita a gente agir”, explicou o diretor da Maternidade de Referência Prof. José Maria de Magalhães Neto, Dr. Amado Nizarala.

Referência em gestação de alto-risco, o Esaú recebe pacientes de toda a região. Daí que a primeira assistência nas cidades de origem é fundamental. “É importante que esses municípios aprendam a estabilizar essas pacientes para que elas cheguem ao Esaú em condições melhores, com mais chances de sobrevivência. Além disso, o nosso hospital, como referência, também tem de estar pronto para tomarmos uma atitude sistematizada”, ressaltou diretora Técnica Operacional do Esaú, Thais Meyin.

E essa expectativa, de ter uma conduta qualificada acerca dos riscos e complicações que uma paciente gestante pode ter, é compartilhada pela participante de Barra da Estiva, a enfermeira obstetra, Eva Alves. “Espero que o curso melhore a nossa rotina, que o nosso atendimento seja preciso e que a gente consiga evitar a morte materna por hemorragia no pós-parto”.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
16/10
Vitória da Conquista recebe Centro Judiciário para Solução Consensual de Conflitos
Administração
16/10
Recadastramento de servidores municipais vai até novembro
Mobilidade Urbana
16/10
Semob informa alterações em linhas de ônibus a partir de segunda, 23
Gabinete Civil
16/10
Prefeito Herzem quer a duplicação da BR 116