Profissionais de saúde do Hospital Esaú Matos participam de capacitação

Cerca de 40 servidores do Hospital Municipal Esaú Matos, administrado pela Fundação de Saúde de Vitória da Conquista, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem participaram nessa quarta, 12, de uma capacitação com o tema “Suporte Básico e Avançado de vítima”.

De acordo com a diretora técnica operacional do hospital, a ginecologista e obstetra, Carla Cristiane de Oliveira Pinheiro, o curso tem como principais objetivos capacitar e preparar os servidores para prestar atendimentos emergenciais. “O Esaú Matos é um hospital de emergência,  não é um hospital de emergência geral, mas é um hospital que a gente recebe emergências obstétricas e pediátricas. Assim, é fundamental essa capacitação para os profissionais que trabalham aqui, tanto os técnicos quanto os médicos e enfermeiros”, afirmou.

Ainda em sua fala, a diretora destacou que cursos como esse fazem parte do processo de educação continuada do hospital e serão realizados periodicamente. “ Esses treinamentos acontecerão de forma regular, uma vez na semana,  e abordarão diferentes temáticas. Alguns protocolos acerca de procedimentos mudam muito rápido e por isso temos que trabalhar para a atualização dos conhecimentos dos nossos profissionais”.

O curso agradou aos participantes. Para a enfermeira, Isabela Bahia, conhecimento nunca é demais. “Cursos como esse são fundamentais porque a cada dia você tem que aprender um pouco mais, por mais que você saiba tudo na teoria sempre tem a renovação, tudo se modifica. A gente tinha uma programação para reanimação em 2005  e em 2010 já mudou. Enfim, esses protocolos mudam muito e nós temos que estar atuantes porque nossas portas são abertas e a equipe tem que estar toda pronta e afiada para atender bem em qualquer situação”, destacou.

Notícias Relacionadas

Desenvolvimento Social
18/11
Prefeitura promove 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra mulher
Governo
18/11
7º Seminário ‘Orgulho de Ser LGBT’ inicia com discussão sobre religiosidade de matriz africana
Educação
18/11
Pacto pela Educação: Professores e coordenadores municipais relatam experiências
Notícias
18/11
Hospital Esaú Matos propõe roda de conversa sobre prematuridade