Prefeitura sinaliza rampas de acesso do Centro de Comércio Popular

Aplicação de pintura pretende torná-las mais visíveis, facilitando o acesso dos cadeirantes e evitando a colocação de obstáculos

Formado por três módulos, nos quais funcionam 302 boxes, o Centro de Comércio Popular de Vitória da Conquista possui, nas calçadas de seu entorno, oito rampas de acesso a cadeirantes, além das que foram construídas na área interna.

O detalhe das rampas externas, que antes não era notado por boa parte das pessoas que frequentam o espaço, ganhou maior destaque, graças à decisão da Prefeitura de sinalizar essas rampas com a aplicação de uma nova pintura.

Com a cor azul e a ilustração que torna evidente a destinação exclusiva ao acesso de cadeirantes, as rampas ficam mais visíveis para condutores de automóveis, motocicletas e bicicletas, que insistiam em estacionar sobre elas. Ao mesmo tempo, facilitam o acesso dos cadeirantes, que antes não as identificavam por estarem nos mesmos tons de cor que o cimento das calçadas.

Trata-se de uma das primeiras decisões da Prefeitura com relação à estrutura do Centro de Comércio Popular, desde que assumiu a administração direta do local, em maio deste ano. “Quando a gente sinaliza, as pessoas começam a respeitar”, informa o coordenador municipal de Serviços Básicos, Iluminação Pública e Posturas, Ciano Filho.

“É essencial a gente já começar mostrando o respeito à questão da acessibilidade. Isso é para mostrar educação e respeito às pessoas que têm deficiência”, afirma ainda Ciano, reiterando o objetivo de tornar as rampas mais visíveis para cadeirantes e evitar a colocação de obstáculos sobre elas.

‘Boa ideia’ – A comerciante Maria José Soares acredita que a sinalização das rampas facilitará o acesso de seus clientes cadeirantes ao boxe número 15 do módulo C, onde vende aparelhos eletroeletrônicos. “Quando cheguei e vi pintando lá na frente, identificando que era para os cadeirantes, achei muito boa a ideia”, disse Maria José.

Ela afirma que muitos cadeirantes não utilizavam as rampas, por não notarem a presença delas tanto dentro quanto fora do Centro de Comércio Popular. “Às vezes, fica um subindo o outro, ali na escada, sendo que tem a rampa, só que eles não sabem”, relata. “Foi maravilhoso fazer isso aí”.

A mesma sinalização já foi aplicada sobre rampas de outros pontos comerciais, como as feiras livres da Ceasa, da Patagônia, do bairro Brasil e do Alto Maron. O mesmo serviço será feito a partir da próxima semana na praça da Bandeira, nas proximidades do Mercado de Artesanato e do Teatro Carlos Jehovah.

Notícias Relacionadas

Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
24/06
Tradição e simplicidade: uma noite de São João no distrito de José Gonçalves
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
24/06
Arraiá da Conquista reforça tradição junina no distrito de José Gonçalves
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
24/06
Arraiá da Conquista aumenta renda de empreendedores
Gabinete Civil
23/06
Nota de pesar pelo falecimento de João de Oliveira Nunes