Neste sábado é dia de lembrar a data 18 de Maio, que marca o Dia Nacional da Luta Antimanicomial que tem como o lema “Por uma sociedade sem manicômios”. A data, instituída em 1987, é celebrada todos os anos em Vitória da Conquista e, este ano, tem parceria da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação Municipal de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, com a Faculdade Maurício de Nassau, Fainor, FTC e UFBA.

Segundo a coordenadora municipal de Saúde Mental, Thayse Fernandes, o 18 de Maio marca a luta que reforça a importância de se ultrapassar formas excludentes e violentas de tratamento das pessoas em sofrimento mental em prol da reinserção social daqueles que, por muitas décadas, foram considerados como uma ameaça à sociedade. Ela explica: “a Lei 10.216 vem promover uma transformação na oferta de tratamento, com serviços alternativos de tratamento, com base comunitária e com a perspectiva de atenção psicossocial, não restringindo o tratamento à medicalização. Dessa forma, a Política de Saúde Mental prevê o fechamento progressivo dos hospitais psiquiátricos e que sejam abertos serviços substitutivos: os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial), as Residências Terapêuticas, Centros de Convivências, as Reabilitação psicossocial, etc”.

Em 2019, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação Municipal de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas promoverá uma semana de ações em parceria com as Instituições de Ensino Superior (IES). Serão eventos de produção de conteúdos em torno da Luta Antimanicomial e um exposição artística – cultural com o lançamento de produções dos serviços municipais de Saúde Mental. Confira: