Na manhã deste sábado (20), a Prefeitura realizou, no Centro Cultural Glauber Rocha, mais uma testagem em massa de pacientes com suspeita de infecção pelo novo coronavírus. A ação teve como propósito avaliar a situação epidemiológica para traçar estratégias de combate e monitoramento da doença no município.

A ampla testagem é uma das medidas mais recomendadas pela Organização Mundial de Saúde, pois ajuda a identificar e isolar o máximo de pessoas infectadas. Por esse motivo, a Secretaria Municipal de Saúde tem realizado mutirões de testagem para identificar o cenário epidemiológico e adotar as medidas de controle necessárias. Para a ação de hoje, foram convocados cerca de 430 pacientes que estão sendo monitorados pela Vigilância Epidemiológica e 210 testes foram aplicados, sendo 15 positivos para Covid-19.

Os exames foram feitos por equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) distribuídas ao longo do Centro Cultural Glauber Rocha, cujo espaço auxilia a manter o distanciamento seguro recomendado. Com o auxílio do Simtrans e dos Agentes de Segurança Patrimonial, os pacientes puderam ser examinados de dentro do próprio veículo, pelo sistema de drive thru. Para aqueles pacientes que não têm carro, também foi realizado o atendimento através de uma fila organizada, respeitando-se o distanciamento seguro.

Para a diretora municipal  de Vigilância em Saúde, Ana Maria Ferraz, as ações de combate à doença no município têm sido pautadas pela coleta de dados e avaliações epidemiológicas. “Os testes ajudam a alimentar os bancos de dados e apontar um perfil dos pacientes, para melhor entender a situação da cidade ante a pandemia” ressalta.

Desde o último mês, a Prefeitura tem ampliado o número de testagens para ter maior segurança em relação ao percentual de infectados, inclusive os assintomáticos, atualizando periodicamente o sistema federal e-SUS VE – em que são registradas as notificações de casos leves de síndrome gripal, bem como os casos suspeitos e confirmados da Covid-19.

O teste rápido é feito com uma pequena gota de sangue coletada e apresenta o resultado entre 10 a 30 minutos, através da identificação dos anticorpos IgG e IgM. De acordo com o farmacêutico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Pablo Maciel, “a testagem em massa é importante para avaliar o comportamento das pessoas, frente ao coronavírus e de uma maneira mais precisa”, explica.