Auxiliar os jovens na escolha de uma profissão é o que pretende o Programa de Orientação Profissional (POP), promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, por meio do Programa Acessuas Trabalho.

Na tarde desta quinta-feira (9), Delbert Portugal, de 16 anos de idade, e mais outros adolescentes que são atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Vila América, participaram do primeiro encontro com a equipe técnica do Acessuas.

Delbert já tem uma profissão em mente: Engenheiro Militar. Bem participativo, ele comentou sobre a importância do curso e o que já aprendeu neste primeiro dia: “O curso me ensinou que é importante trabalhar em equipe, pois sozinhos nunca conseguimos nada; que é sempre bom ter uma motivação para estudar, ter como se profissionalizar e procurar conhecimentos, que isso é muito importante.”

O curso do POP tem duração de quatro meses. Neste período, serão discutidos temas como: higiene mental e trabalho; elaboração de currículo; entrevista de emprego/processos seletivos; tecnologia e trabalho.

Participantes começam curso com dinâmica de grupo.

Segundo a coordenadora municipal de Renda e Cidadania, Luiza Ariana da Rocha, uma das ferramentas da pasta é o Acessuas Trabalho. “Esse programa serve para capacitar e orientar, de preferência, os usuários do Cadastro Único. A nossa intenção é fazer com que a comunidade tenha acesso à profissionalização. Pretendemos fazer a Orientação Profissional em todos os Cras do município”, afirmou Ariana durante visita ao curso.

Além de uma dinâmica de grupo, o psicólogo Mauro Pales e a pedagoga Valéria Biolo aplicaram um questionário, apresentaram trechos de animações e ressaltaram a importância do trabalho em equipe. O próximo encontro está previsto para o dia 13 de setembro.