A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, promoveu, nesta semana, um mutirão de limpeza do cemitério do Bairro Kadija. O serviço consiste na roçagem, rastelagem, jardinagem e abertura de 70 novas covas.

O coordenador de Limpeza Pública, Joaquim Ernesto Vieira, disse que a limpeza é feita de forma periódica, a cada três meses. Segundo Ernesto, esse mutirão teve a duração de 20 dias, “por conta da aplicação de veneno para evitar a proliferação de pragas, tais como escorpiões”. Ele ainda ressalta a necessidade de o mutirão ser feito de forma contínua: “A limpeza é feita para que os entes queridos possam visitar os túmulos de seus parentes sem que haja qualquer desconforto.”

Desde o ano de 2015, o Cemitério do Kadija conta com um ossário, criado para depositar os restos mortais mais antigos. Regulamentado desde o ano de 1993, pelo código de polícia administrativa (lei nº 695/93), prevê o deslocamento das ossadas no período de 48 meses, em casos de superlotação nas covas. Ainda de acordo com o coordenador, “há a pretensão da abertura de novas covas, e ainda estuda-se uma ampliação da área do cemitério.”

O servidor Raul Prates, responsável pela fiscalização e controle dos túmulos, fala um pouco sobre a manutenção do Ossário Municipal: “É importante manter um ambiente salutar e organizado em toda a área do cemitério.”

Os mutirões de limpeza pública são feitos em diversas localidades da cidade, além dos cemitérios municipais, de forma contínua, integrando vários setores da Secretaria de Serviços Públicos do município.