O barulho das máquinas e a pilha de terra retirada pelos funcionários da Empresa Municipal de Urbanização (Emurc) removeram qualquer dúvida de que as obras de drenagem pluvial e pavimentação asfáltica no Conjunto da Vitória começavam nesta semana. Nesta quinta-feira (2), a Emurc iniciou o rebaixamento de água e esgoto no Conjunto da Vitória.

A comerciante Sandra da Silva (39), do Conjunto da Vitória, falou da alegria em ficar livre da poeira: “A gente tava se sentindo abandonado. Quanto a gente viu hoje as máquinas aqui os vizinhos ficou numa felicidade tão grande, e eu mesmo fui uma. Vai ser uma benção muito grande. Só tenho agradecer por isso”. Morando há 20 anos no local, a diarista Maria de Sousa (53) resumiu: “Vai melhorar muito. Não vai ter poeira, lama e enxurrada. Vai ser maravilhoso”.

A Prefeitura de Vitória da Conquista também vai levar drenagem e pavimentação para o loteamento Renato Magalhães. O serviço deve começar na próxima segunda (6). O valor total das obras nos dois loteamentos é de R$ 11.118.630,51. Os recursos são provenientes do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa II), da Caixa Econômica Federal.

O prefeito Herzem Gusmão comemorou poder levar essas obras para o povo de Conquista: “Essa é uma obra nossa, do povo de Conquista e a Câmara de Vereadores foi muito importante. São importantíssimas e nós estamos sempre agradecendo a Deus porque os recursos chegaram e a cidade está vibrando porque poderemos continuar implementando essas obras”.

Com os R$ 50 milhões financiados, a Prefeitura investe em obras de melhorias na infraestrutura da cidade. Desses, R$ 23 milhões permitirão levar o tão sonhado asfalto a muitas localidades periféricas da cidade. Além do Conjunto da Vitória e do Renato Magalhães, serão realizadas pavimentação e melhoria do sistema viário no bairro Nossa Senhora Aparecida e nos Loteamentos Bruno Bacelar e Alto do Panorama.