As primeiras câmeras de videomonitoramento já estão sendo instaladas na praça Joaquim Correa, na rua Coronel Gugé e em áreas próximas ao prédio da Prefeitura Municipal

A partir desta segunda-feira (9), a Prefeitura começa a utilizar sistemas de videomonitoramento no trabalho de controle e fiscalização do trânsito municipal. A tecnologia foi implantada com base em um projeto-piloto desenvolvido pelo NTI (Núcleo de Tecnologia da Informação). “Com a implantação, fica mais fácil identificar os gargalos que temos no trânsito e os motoristas que eventualmente cometam irregularidades. Esse avanço tecnológico já existe nas principais capitais do país. Conquista passa a entrar em um seleto grupo de modernização do trânsito”, explica Lauro Oliveira, assessor especial do Gabinete Civil.

As primeiras câmeras de videomonitoramento já estão sendo instaladas na praça Joaquim Correia, na rua Coronel Gugé e em áreas próximas ao prédio da Prefeitura Municipal. Segundo a coordenadora de Transporte Público, Valéria Schettini, que supervisiona a implantação, o projeto traz benefícios para a fiscalização de trânsito na cidade: “Agora, vamos ter o que posso chamar de ‘braços multiplicados’. Quando uma região estiver atendida por videomonitoramento, nossos agentes poderão se deslocar para outras vias. Isso faz com que possamos ordenar melhor o trânsito em outras localidades da cidade. Uma vez que a população esteja educada e consciente dessa fiscalização, o comportamento do condutor muda. E isso diminui o número de riscos no trânsito”.

Em seus primeiros 15 dias, o sistema de videomonitoramento deve atuar de forma educativa, sem punição aos infratores. Ao fim desse período, quem descumprir as normas de trânsito será autuado de acordo com a legislação vigente.