Prefeitura faz contrato de emergência e leva abastecimento de água à zona rural

A comunidade do distrito de José Gonçalves começou o dia com uma boa notícia. Lá, na manhã desta terça-feira, 10, a Prefeitura de Vitória da Conquista iniciou o abastecimento de água de 156 localidades da zona rural do município. A medida está sendo possível graças à contratação emergencial de 10 caminhões-pipa. Além deles, mais dois caminhões que estavam cedidos à Defesa Civil também estão se somando à tarefa, totalizando 12 veículos.

A iniciativa, coordenada pela Secretaria Municipal de Agricultura, tem como propósito atender às comunidades da zona rural que não são contempladas pela Operação Carro-Pipa, mas também estão sofrendo com o efeito da estiagem. A Operação, coordenada pelo Exército em parceria com a Defesa Civil, manterá a sua rotina, dispondo de 18 veículos para abastecer outras 169 localidades.

A residência do agricultor Wilson de Oliveira foi uma das primeiras a receber a novidade. Ele conta que a seca tem trazido grande dificuldade para a vida das pessoas da região. Agora, com água saindo do caminhão-pipa da Prefeitura direto para sua caixa, ele se mostra esperançoso: “Vai dar uma força muito boa para a gente, para melhorar a situação que está.”

Segundo o coordenador municipal de Abastecimento de Água da zona rural, Deocleciano Filho, esse contrato emergencial é por tempo indeterminado. Ou seja, os veículos ficarão em operação enquanto for constatada a necessidade de abastecimento. E justifica: “Três açudes que nunca secaram nos últimos dez anos – o de Itaipu, de Roseira e de Bate-Pé – estão os dois primeiros secos, e o último está na lama. Isso mostra que a seca nunca foi tão grave nos últimos anos igual está sendo agora.”

Além disso, o coordenador garante que os caminhões-pipa da Prefeitura farão o abastecimento de casa em casa. E com isso, ele faz um apelo à população: “Que as pessoas usem essa água apenas para consumo humano. É uma água potável, a Prefeitura paga essa água à Embasa, por cada caminhão, para levar às comunidades. Então que se evite fazer outro tipo de uso para esse recurso.”

Sistemas Simplificados de Água – A Prefeitura também está buscando alternativas para solucionar o abastecimento de água na zona rural de forma permanente, com a ampliação do número de Sistemas Simplificados de Água. “Conquista tem a menor cobertura dos municípios da região Sudoeste, apenas 20% da nossa zona rural é coberta pelos Sistemas Simplificados. A média na região Sudoeste está em torno de 40%. Então vamos atuar na parte emergencial, mas também na estrutural”, revela Deocleciano.

Notícias Relacionadas

Agricultura e Desenvolvimento Rural
27/11
Agricultores de Lagoa de José Luís recebem capacitação sobre plantio de palma
Agricultura e Desenvolvimento Rural
23/11
Uesb e Embrapa apresentam mandioca mais produtiva para a região
Agricultura e Desenvolvimento Rural
16/11
Boletos do Garantia-Safra começam a ser distribuídos
Agricultura e Desenvolvimento Rural
05/10
Governo Municipal participa de audiência sobre refinanciamento de dívidas de agricultores