Prefeitura distribui cartilhas informativas entre artesãos de rua

O material traz o mapeamento dos 32 pontos de comércio e as diretrizes que deverão ser seguidas pelos artistas ao utilizá-los

Depois de estabelecer critérios para a atuação dos artesãos nas ruas de Vitória da Conquista, demarcando 32 vagas para que eles comercializem seus produtos no centro comercial e no bairro Brasil, a Prefeitura produziu uma cartilha informativa em que são detalhadas as diretrizes para a ocupação desses espaços. Fiscais da Secretaria de Serviços Públicos começaram a distribuir as cartilhas entre os artistas na tarde desta segunda-feira, 11, na Praça 9 de Novembro.

Após receber a sua, o artesão Leandro Barreto da Paixão, 33 anos, disse ter apreciado a forma como as vagas foram distribuídas. “Por um lado, é bom, porque não vai ficar muito artesão aglomerado”, avaliou Paixão, que comercializa peças de artesanato na Praça 9 de Novembro há cerca de dois meses.

“O acordo foi para poder cada um ficar num lugar ou em outro, numa praça ou em outra. Então, eu concordo que é legal. Ter muito hippie junto, às vezes, acaba uns vendendo e outros não, por causa dessa aglomeração toda, entende?”, observou ainda o artista.

Além de mapear as vagas e regulamentar sua utilização, estabelecendo as normas técnicas que deverão ser seguidas pelos artistas na exposição de seus produtos, a Prefeitura se comprometeu a organizar, duas vezes por ano, eventos culturais nas áreas ocupadas pelos artesãos.

De acordo com o secretário municipal de Serviços Públicos, Esmeraldino Correia, as discussões sobre o mapeamento dos pontos de comércio e sua regulamentação ocorreram de forma conjunta. “O Governo Municipal, em diálogo com a CDL, representantes dos artesãos de rua, vereadores, poder público e Ministério Público, estabeleceu pontos para que os artesãos tenham espaço para fazer a sua comercialização, em atendimento à regulamentação do espaço público, através da Prefeitura, e objetivando o equilíbrio social”, informou Correia.

Veja como ficou a distribuição dos 32 pontos comerciais:

Centro Comercial:

3 vagas na avenida Lauro de Freitas

3 vagas na Praça da Bandeira

2 vagas no calçadão da praça Barão do Rio Branco (em frente à loja Insinuante)

2 vagas no canteiro central da praça Barão do Rio Branco

2 vagas entre o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, também na Barão do Rio Branco

6 vagas na Praça Tancredo Neves

3 vagas na Praça 9 de Novembro

Bairro Brasil:

3 vagas próximas à saída de emergência do Centro Glauber Rocha

3 vagas na calçada frontal do Centro Glauber Rocha

3 vagas no Mercado Municipal do bairro Brasil

2 vagas na Avenida Itabuna (em frente ao banco Bradesco)

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
24/09
Prefeitura Móvel oferece serviços para todas as idades
Gabinete Civil
24/09
Casa própria e Prefeitura Móvel: moradores recebem escrituras no Bruno Bacelar
Educação
24/09
Ação Social movimenta Creche Municipal do Conveima
Gabinete Civil
23/09
Governo Municipal terá novo secretário de Serviços Públicos