Prefeitura desenvolve projeto e garante mais qualidade de vida a profissionais do Samu 192

Projeto ‘Cuidador Necessita de Cuidado’ foi executado durante oito meses, entre 2014 e 2015

Entre junho de 2014 e fevereiro de 2015, os profissionais que atuam na unidade do Samu 192 de Vitória da Conquista passaram por uma experiência inédita, promovida pela Prefeitura, por meio da Coordenação de Gestão de Pessoas vinculada à Secretaria Municipal de Administração: o projeto “O Cuidador Necessita de Cuidado”. O objetivo foi levar a esses servidores uma série de atividades com vistas a lhes proporcionar maior qualidade de vida.

É sabido que, em razão da natureza da atividade que exerce todos os dias, a equipe do Samu 192 se mantém exposta a altos níveis de estresse e desgaste emocional. Afinal, salvar vidas é sua missão diária. Evitar essas sensações – ou, no mínimo, atenuá-las – foi a principal missão dos profissionais que desenvolveram o projeto na unidade.

A experiência consistiu, inicialmente, em pesquisas qualitativas que traçaram uma espécie de “perfil” do servidor do Samu 192 e de suas relações com os colegas e com o trabalho em si. Posteriormente, passou-se ao desenvolvimento de atividades como rodas de conversa, sessões de ginástica laboral e relaxamento, dinâmicas em grupo, momentos de acolhimento e visitas de técnicos de segurança do trabalho.

Para o condutor socorrista Claudemiro Andrade, 42 anos, o projeto foi algo que valeu a pena. “Foi de suma importância, haja visto que o trabalho de salvar vidas é estressante. Quando a gente tem essa forma de acolhimento, fica mais à vontade, mais tranquilo e relaxado”, disse o servidor, que trabalha no Samu 192 há nove anos – tempo que lhe permitiu chegar a algumas conclusões: “Uma ocorrência nunca é igual à outra. E, quando chegamos de volta e tem essas sessões de relaxamento, é muito bom”.

Ação pioneira – O projeto foi mostrado a vários integrantes do Governo Municipal na tarde da última quarta-feira, durante uma reunião* no Salão Nobre do Gabinete Civil. Após conhecer as circunstâncias em que o projeto foi executado, o prefeito Guilherme Menezes recordou o ano de 2001, quando a Prefeitura de Vitória da Conquista foi pioneira ao criar o Resgate Médico, uma iniciativa em parceria com o Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária Federal, que desenvolvia um trabalho bem semelhante ao que, anos depois, o Governo Federal viria a fazer ao criar o Samu 192.

“Fomos o primeiro município no Brasil, sem ser uma capital, a receber o Samu 192”, lembrou o prefeito. “Foi um serviço que impressionou bastante a população de Vitória da Conquista”, acrescentou o gestor, observando que o atendimento prestado pela equipe era – e continua a ser – elaborado.

‘Consciência’ – Quanto ao projeto desenvolvido pela Coordenação de Gestão de Pessoas – a mesma que desenvolve o projeto Acolher –, o prefeito afirmou tratar-se de uma ação que deve ser continuada, dada a complexidade do serviço executado pelo Samu 192. “Reduzir mortes que podem ser evitadas é uma grandeza”, disse Guilherme, para quem as atividades do projeto levam a momentos de “relaxamento, reflexão, autoconhecimento e autovalorização”. “É muito importante que o trabalhador tenha consciência do seu próprio valor individual”, registrou.

*Durante a reunião, além do prefeito Guilherme Menezes, compuseram a Mesa, o vice-prefeito, Joás Meira, os secretários municipais de Administração, Gildásio Silveira, e de Saúde, Márcia Viviane de Araújo, e a coordenadora do Samu 192, Gracielle Gardênia.

Notícias Relacionadas

Administração
22/05
Nota de esclarecimento
Administração
17/05
Prefeitura se reúne com representantes do Sindacs
Administração
03/05
Plano de saúde é destaque em segunda rodada de negociação com o Simmp
Administração
25/04
Governo e Sinserv avançam nas negociações