Prefeitura contrata carros-pipas em caráter emergencial

Preocupada em manter o fornecimento de água potável nos distritos e povoados de Vitória da Conquista, a Prefeitura Municipal está contratando, em caráter emergencial, 20 carros-pipas. A medida foi tomada depois que a Superintendência de Proteção e Defesa Civil, órgão ligado ao Governo do Estado, suspendeu a operação de 19 caminhões na cidade.

O coordenador municipal da Defesa Civil, Ubaldino Figueiredo, explicou que a água estava sendo levada até a casa de cada morador, mas por uma decisão da coordenação estadual, deveriam ser construídos reservatórios com capacidade de 16 mil litros para atender uma área de até 500 metros. “Essa medida vai dificultar muito a vida da população rural, pois precisará deslocar uma distância muito grande para conseguir água”, lembrou o secretário municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Arlindo Rebouças.

Antes da suspensão, Vitória da Conquista contava com 37 caminhões-pipas para atender ao município nas regiões mais atingidas pelas secas, entre elas Bate-Pé, Iguá, José Gonçalves, Pradoso e Cercadinho. Para que esses carros continuem o abastecimento, o prefeito Herzem Gusmão irá até Brasília buscar apoio junto ao Governo Federal.

A previsão é que os carros contratados comecem a operar nos próximos dias. “Os 18 carros da operação-pipa vão colocar a água nos reservatórios já existentes e os contratados pela prefeitura vão abastecer diretamente na casa dos moradores”, concluiu o coordenador da Defesa Civil.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
30/03
Defesa Civil monitora áreas de risco na cidade
Gabinete Civil
30/03
Governo Municipal e Associação de Surdos discutem sobre inclusão e acessibilidade
Gabinete Civil
30/03
Prefeitura firma parcerias com setor industrial
Gabinete Civil
30/03
Prefeitura lança estande oficial e nova logomarca na Exposição Conquista