Os ensaios acontecem três vezes na semana, no Memorial

Abraçado pela Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, o projeto Orquestra Pedagógica Joia do Sertão acontece na Casa Memorial Régis Pacheco, onde são realizadas, gratuitamente, “aulas que são ensaios e ensaios que são aulas”, resume o professor Matheus Reis. “As atividades são aulas de violino, viola e violoncelo. É um trabalho técnico, de ensinar música em prática de conjunto e ensaiar o repertório das apresentações públicas”, completa.

A proposta do projeto era reunir músicos que estavam espalhados pela cidade, que já tocavam algum desses instrumentos, mas que ainda não pertenciam a um grupo ou conjunto musical e que não tinham esta experiência. “Esses instrumentos são instrumentos de orquestra e Conquista precisava ter uma formação mais pedagógica, para reunir esses jovens que estavam pela cidade”, afirma Matheus, que iniciou as aulas em maio desse ano com 25 alunos e atualmente está com 32, com pessoas com idade entre 10 e 60 anos.

O professor Matheus Reis coordena o projeto

Uma das alunas é a senhora Marli Sobral, sergipana que mora em Vitória da Conquista e que entrou recentemente para o grupo. Formada em música sacra, ela afirma que a orquestra é “maravilhosa! Estou gostando muito, a turma é muito boa, são pessoas que amam a música. A música preenche todo o espaço, é universal, não tem barreiras. Toda a minha vida gostei muito de música”, conta ela, que já foi professora de piano e também toca acordeon.

Marli Sobral é formada em música sacra e entrou recentemente para o projeto

Nas aulas, os músicos ensaiam para apresentações chamadas de Concerto Didático, quando eles vão se apresentar em escolas, instituições e outros espaços. Durante a execução do repertório, a Orquestra apresenta os instrumentos para o público, que tem a oportunidade de aprender como funciona um concerto e de interagir com o conjunto, podendo reger uma das músicas.

O próximo Concerto Didático será no dia 19 de setembro, às 14h, na sede da Associação Conquistense de Integração do Deficiente (Acide).