Prefeitura alerta: quanto mais cedo o diagnóstico da hanseníase, mais fácil a cura

Ao longo do mês, o Governo Municipal desenvolve várias atividades para conscientizar a população sobre os sintomas da doença

A hanseníase é uma doença infectocontagiosa causada pelo bacilo de Hansen e que se manifesta por meio de lesões (manchas esbranquiçadas) na pele com alteração na sensibilidade e comprometimento neurológico. Mas, caso a doença seja identificada de forma precoce e o tratamento seja iniciado de forma imediata, a hanseníase pode ter cura.

Em 2014, foram diagnosticados 41 casos da doença em Vitória da Conquista. Para alertar a população quanto aos sinais e sintomas da hanseníase, bem como para identificar novos casos, a Prefeitura, por meio do Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária, desenvolve até o dia 30 de janeiro uma série de atividades educativas sobre o assunto.

“Desde 2013, o Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária avalia 100% dos contatos, pessoas que residem ou residiram com o doente nos últimos cinco anos. Isso tem possibilitado o melhor controle da doença e evitado a reincidência de novos casos”, explicou a gerente do Centro, Edilene Viana. O trabalho exitoso do serviço foi apresentado na 14ª Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas em Epidemiologia (Expoepi).

Transmissão e tratamento – A hanseníase é transmitida por meio da tosse, do espirro ou do contato prolongado com uma pessoa doente, que ainda não recebeu tratamento medicamentoso. Por isso, é importante que familiares e pessoas próximas às pessoas com hanseníase procurem o Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária.

O serviço está localizado na Praça João Gonçalves, s/n (ao lado do Caav) e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h. No local, a população é atendida por uma equipe multiprofissional, formada por médico dermatologista, enfermeira, técnico de enfermagem e fisioterapeuta.

Confira a programação completa:

  • Até o dia 30/01

Atividades educativas nas unidades de saúde do município;
Atividades de apoio a Atenção Básica na triagem de casos suspeitas (matutino e vespertino);
Palestras educativas sobre a hanseníase, no Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária (às 8h).

  • 26 a 30/01

Palestra e panfletagem na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (das 8h às 14h);

  • 27/01

Blitz no cruzamento entre as avenidas João Pessoa e Presidente Vargas (das 8h às 12h);

  • 30/01

Atividade educativa na Praça 9 de Novembro (das 8h às 12h)

Notícias Relacionadas

Educação
29/03
Secretário de Educação visita escolas da Zona Rural
Mobilidade Urbana
29/03
Prefeitura realiza vistoria anual dos táxis em abril
Desenvolvimento Social
29/03
Governo Municipal discute parceria com o SENAI
Notícias
29/03
Mudanças no manejo dos resíduos garantem mais tempo de vida útil ao aterro sanitário