A ampla testagem da população é uma das principais estratégias de controle da pandemia em Vitória da Conquista. O Município já testa mais do que o dobro da média nacional e o resultado é que Conquista possui a segunda menor taxa de prevalência do Novo Coronavírus em relação aos maiores municípios do Nordeste e também a menor taxa de mortalidade. Ao identificar um caso positivo, ele entra em isolamento social e evita-se que mais pessoas sejam contaminadas.

Em Vitória da Conquista, já foram realizados mais de 14.200 testes rápidos, até o momento. Os kits com mais 10 mil testes rápidos adquiridos pela Prefeitura para a detecção da Covid-19 são aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária e pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e começaram a ser aplicados nesta segunda-feira (20). O novo lote também será aplicado de acordo com a Nota Técnica 54/2020, da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e o Plano de Testagem do Município.

De acordo com as normas, os grupos prioritários para a testagem incluem pacientes com quadro clínico-epidemiológico compatível com Covid-19; profissionais de segurança pública e de saúde em atividade; contato domiciliar de profissional de saúde ou de segurança pública em atividade; e pessoas com 60 anos ou mais, residentes em instituições de longa permanência de idosos, ou portadores de comorbidades de risco para complicação de Covid-19.

“Em um momento de pandemia, como o que a gente vem enfrentando em nosso município, a Secretaria de Saúde vem criando estratégias para melhor atender ao cenário, e com isso são disponibilizados novos testes para diagnosticar pacientes com suspeita ou confirmação da Covid-19”, explica a secretária municipal de Saúde, Ramona Cerqueira.

Além dos testes rápidos, a Prefeitura segue com os exames laboratoriais RT-PCR para os pacientes que se enquadram nos critérios estabelecidos pela Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020 (atualizada em 04 de junho de 2020)