Povoados de Boqueirão e Roseira recebem plenárias do OP

Nesse sábado, 12, foi a vez de dois povoados de Vitória da Conquista receberem plenárias do Orçamento Participativo (OP). Foram eles Boqueirão e Roseira, ambos localizados no distrito de José Gonçalves.
Durante os encontros, foram apresentados temas relacionados ao OP, tais como: o que é, como funciona, como é aplicado o orçamento municipal e, principalmente, como a população pode contribuir na administração dos recursos.
“O Orçamento Participativo é uma ferramenta criada pelo Governo Municipal, em 1997, com o objetivo de conversar com a população. A partir das plenárias, duas demandas prioritárias, escolhidas por vocês mesmos, seguirão para serem discutidas no 11° Congresso do OP, a ser realizado em outubro. Por isso, participar desses encontros é de grande importância para os moradores”, afirmou o coordenador municipal do Orçamento Participativo, João Alberto Rodrigues.
Foi sabendo dessa importância que a ex-agente rural de saúde, Dona Naíldes Moreira, agora aposentada, se deslocou do povoado Algodão até o Boqueirão. “Não tinha como não participar desse momento. Trabalhei anos como servidora municipal, no posto de saúde de José Gonçalves, e sei o quanto tem acontecido com relação aos avanços para nossa região”.
Outro morador que concorda com Dona Naíldes é o senhor Josimar Alves dos Santos. Segundo ele, ele se esforça para ir de casa em casa mobilizar seus vizinhos. “Eu vejo esse encontro como o melhor que pode acontecer para a gente. Assim, a gente vai falando o que falta de acordo com nossa necessidade. É muito bom”.
O líder comunitário de Roseira, também agente de saúde, seu Exupério Alves de Oliveira, explicou que só em seu povoado vivem 110 famílias e todas são comprometidas com a região. “Todos nós aqui achamos importante as plenárias do Orçamento Participativo porque no final das contas vai ser a decisão do povo e não dos outros como era antigamente. Assim, a gente pode reivindicar o que todo mundo quer e a Prefeitura pode agir com mais facilidade e direcionamento”, afirmou. “Foi através do OP, por exemplo, que a gente conseguiu que viesse para nós um Posto de Saúde”, completou.
Ao todo, foram eleitos 15 delegados em ambos os povoados: 4 em Roseira, devido a participação de 47 pessoas, e, em Boqueirão, 11, graças a participação de mais de 100 moradores.
As plenárias do Orçamento Participativo seguem até outubro, mês em que, no dia 31, as demandas prioritárias, eleitas em cada plenária, serão defendidas pelos delegados representantes das localidades, no 11° Congresso do OP.

Notícias Relacionadas

Governo
23/03
Moradores do Coveima são recebidos pelo Governo Mais Perto de Você
Governo
08/11
Conselho do Orçamento Participativo é eleito e empossado durante Congresso
Governo
06/11
Congresso do Orçamento Participativo acontece nesse sábado, 7
Governo
03/11
Congresso do Orçamento Participativo acontece no próximo dia 7 de novembro