Povoado do Choça e bairro Lagoa das Flores recebem plenárias do OP

Em cada uma das localidades, foram eleitos 3 delegados que representarão os moradores no 11° Congresso do Orçamento Participativo

Na noite dessa segunda-feira, 10, duas comunidades de Vitória da Conquista receberam as plenárias do Orçamento Participativo (OP). A primeira aconteceu no povoado do Choça – na Escola Municipal Robert Kennedy –, e a segunda, na Lagoa das Flores – na Escola Municipal Marlene Flores. As oportunidades foram de encontro entre população e representantes do Governo Municipal para discutirem sobre as demandas prioritárias, e de prestação de contas por parte da Prefeitura. Representantes do Legislativo também prestigiaram o evento.

Para os moradores do povoado do Choça, o momento foi de grande satisfação já que era a primeira vez que a localidade recebia uma plenária do OP. “Sou muito grata por poder estar vivendo essa oportunidade. Sabemos que ainda temos melhorias para recebermos nesse povoado, mas sou prova viva do quanto já crescemos. Vivo dizendo que há 20 anos eu não imaginaria que uma reunião dessa pudesse acontecer e que os mais jovens precisam aproveitar essa oportunidade. Com a participação de todos, tudo sempre fica melhor”, afirmou com grande satisfação a moradora Normélia Sampaio.

Compartilhando do mesmo sentimento, o presidente da Associação de Moradores, Marcelo Brito, contemplou em sua fala que as plenárias são formas de garantir a democracia. “Esse momento aqui para nosso povoado é um momento histórico porque é a primeira vez que a plenária acontece aqui e para a gente é motivo de muita satisfação. É muita proveitosa essa interação com todo mundo participando e levando ao poder público as demandas da comunidade”.

De acordo com o secretário municipal de Governo, Edwaldo Alves, é essa a ideia do Orçamento Participativo: integrar sociedade e poder público em prol da maioria. “Nessa ocasião, em que definimos as prioridades da localidade, estamos discutindo, em conjunto, como os recursos públicos retornarão como forma de benefícios para a população”, afirmou o secretário. Para o coordenador do Orçamento Participativo, João Alberto Rodrigues, o intuito das plenárias já é compreendido desde seu início quando todas as pessoas são convidadas a participarem. “O objetivo do Governo Municipal é que qualquer pessoa participe dando sua contribuição para que assim as prioridades sejam estabelecidas”.

Outra moradora que estava satisfeita com a participação popular foi Valquíria Silva. Para ela, a voz de todos tem mais valor. “É importante que o povo seja ouvido, por isso fico muito feliz em saber que tem um lugar destinado a isso”, disse.

Em cada uma das duas localidades, foram eleitos 3 delegados – 2 suplentes – encarregados de representar os moradores no 11° Congresso do orçamento Participativo que acontece no dia 31 de outubro. Ao todo, serão realizadas 63 plenárias nas zonas urbana e rural.

Notícias Relacionadas

Governo
10/08
Prefeitura participa de cerimônia dos 70 anos da Fecomércio
Governo
11/07
Conquistense poderá fazer recadastramento biométrico no Centro Glauber Rocha
Governo
21/06
Governo e comunidade se reúnem para construção coletiva da LDO
Governo
23/03
Moradores do Coveima são recebidos pelo Governo Mais Perto de Você