????????????????????????????????????

As atividades em comemoração dos 175 anos de emancipação política de Vitória da Conquista começaram ainda cedo. Na manhã desta segunda-feira, 9 de novembro, fieis católicos se uniram a autoridades civis e militares na Catedral Nossa Senhora das Vitórias para a missa, celebrada pelo Arcebispo Metropolitano Dom Luiz Gonzaga Pepeu que ressaltou a importância da disseminação da paz.

Logo após o momento religioso, a população teve a oportunidade de participar do ato cívico promovido pela Prefeitura Municipal. Com o tema “Nossa cidade não para”, a celebração ocorreu na Praça Tancredo Neves. Ao som do Hino Nacional, executado pela Filarmônica Municipal Maestro Vasconcelos, o prefeito Guilherme Menezes, acompanhado do Tenente Coronel Ivanildo da Silva e do juiz da Vara da Infância e Juventude, Juvino Henrique Brito, participaram do hasteamento das bandeiras.

Na ocasião, o prefeito Guilherme Menezes, rapidamente lembrou a história de Vitória da Conquista, escrita por muitas mãos através de várias gerações. Parabenizando tanto os filhos da terra, quanto aqueles que foram acolhidos pela cidade, que é a terceira maior do Estado, o gestor declarou: “Eu desejo que Vitória da Conquista continue avançando no caminho da prosperidade, da saúde e da educação, e continue nesse caminho progressista de desenvolvimento social e humano”.

O momento seguinte foi dedicado as apresentações de alunos e professores do Conservatório Municipal de Música de Vitória da Conquista e da Orquestra Conquista Sinfônica, criada pela Prefeitura Municipal. Música popular e clássica agradou aos presentes, que também conheceram um pouco melhor algumas das atividades do Programa Escola Mais e da Coordenação de Eventos, ligados à Secretaria Municipal de Educação.

Para o estudante Moisés Oliveira, aluno do Conservatório Municipal de Música, participar de uma apresentação no aniversário de Vitória da Conquista é uma forma de homenagear a cidade que conta com tantas ações voltadas para a juventude e para a difusão da cultura. “Fico feliz e motivado a continuar estudando música e vivendo aqui”, disse.

Já a comerciante, Marly Rosa Nunes, conquistense por adoção, lembrou que a cidade oferece oportunidades e serviços para todos. “Contamos com um grande desenvolvimento social e econômico”, aliado a bons serviços de saúde e educação.

Mais celebrações – E os festejos em celebração dos 175 de emancipação política continuam ao longo do mês. Nos próximos dias serão entregues à comunidade a Escola Municipal Maria Célia Ferraz; a barragem de Boa Vista, em Bate-Pé; a Unidade de Saúde Solange Hortélio, o posto de saúde e o sistema simplificado de água em Cabeceira do Jibóia, a Praça Ceus e o posto de saúde de Corta Lote. Confira os dias e horários dessas entregas.

Print this pageShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on LinkedIn