Policiais militares são certificados em curso de Libras

SC2_1015

Policiais militares de Vitória da Conquista, representantes do Governo Municipal e comunidade participaram, na manhã desta quarta-feira, 20, da solenidade de certificação do 1º Curso de Capacitação de Libras para policiais militares. A cerimônia foi realizada no auditório do 9º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação, logo após as homenagens ao Alferes Joaquim José da Silva Xavier (Tiradentes) – patrono das polícias do Brasil.

Mais de 30 policiais militares participaram da capacitação, promovida pela Prefeitura Municipal, em parceria com a 78ª Companhia Independente da Polícia Militar (78°CIPM). O curso, que contou com 80 horas de carga horária, divididas em atividades teóricas e práticas, também teve a participação de policiais da 77ª CIPM, da 92ª CIPM e da Base Comunitária do Nova Cidade.

Na ocasião, o idealizador, ministrante do curso e gerente municipal de Políticas de Inclusão, Magno Prates, destacou que a partir da formação da primeira turma do curso de Libras para policiais militares a comunicação com a comunidade surda vai ser mais clara e eficaz. “Hoje, a Polícia Militar, em parceria com a Prefeitura Municipal, deu um grande passo para acessibilidade da comunidade surda”.

O prefeito Guilherme Menezes destacou que ações como o Curso de Libras para policiais militares enriquece a cidade e possibilita maior inclusão social. “Pensando na inclusão cada vez maior dessa comunidade surda, promovemos para a comunidade como um todo, inclusive, o curso de Libras na Secretaria Municipal de Educação e no Programa Qualifica Conquista”.

Para o tenente-coronel Ivanildo da Silva, subcomandante de Policiamento da Região Sudoeste, na ocasião, representando o coronel Inácio Paz de Lira Júnior, comandante de Policiamento da Região Sudoeste, ressaltou a importância do curso. “Quem ganha é a Polícia Militar e a comunidade a qual servimos, e principalmente aqueles que lutam pela inclusão”.

Os concluintes da capacitação agradeceram pela oportunidade de participar da atividade. Para o soldado Wagner Rocha, que fez sua fala na Língua Brasileira de Sinais,  o curso possibilitou o aprendizado de noções de Libras, que vão auxiliar na abordagem e comunicação com o público surdo.

SC2_1083

Notícias Relacionadas

Desenvolvimento Social
22/11
Crav realiza bate-papo sobre violência contra a mulher no Cras Vila América
Educação
22/11
Concurso de Produção Audiovisual Eco Kids e Econ Teens: conheça os vídeos premiados
Gabinete Civil
21/11
Dia da Consciência Negra proporciona cultura e informação em Vitória da Conquista
Notícias
21/11
Prefeitura e TJ/BA organizam Semana de Conciliação