Permissionários festejam abertura do Centro de Comércio Popular

“Com certeza, vai ser um grande progresso para nossa família”, afirmou o permissionário Paulo Rocha, ao lado da esposa e da filha

O Centro de Comércio Popular foi aberto ao público nesta segunda-feira, 23 e marca um novo período nas vidas dos permissionários

A manhã desta segunda-feira, 23, vai ficar marcada na memória dos permissionários do Centro de Comércio Popular de Vitória da Conquista. Isso porque, oficialmente, foi o dia em que os boxes – distribuídos após sorteios realizados pela Administração Municipal – foram abertos ao público.

“A abertura do Centro de Comércio Popular é um importante passo que vai assegurar, ainda mais, o êxito profissional de cada um dos permissionários, na medida em que promoveu a formalização dos mesmos. O local proporciona melhores condições de trabalho, mais conforto e mais segurança, tanto para os comerciantes quanto para os clientes”, ressaltou o prefeito Guilherme Menezes.

Construído numa área com mais de 2 mil metros quadrados, o Centro de Comércio Popular conta com 302 boxes, espaços de circulação, sanitários, escadarias e rampas de acesso. As ruas laterais do local foram pavimentadas e receberam novos meios-fios, numa operação em que a Prefeitura investiu mais de R$ 79 mil, vindos de recursos próprios do Município.

Os permissionários não poderiam estar com outro sentimento a não ser o de satisfação. Comerciante há 20 anos, Magno Novais afirmou que conseguia traduzir seu sentimento em uma palavra: gratidão. “Minhas perspectivas são as melhores, porque esse ambiente é muito melhor do que o antigo local em que trabalhávamos. Com certeza, as nossas necessidades foram sanadas com essa infraestrutura diferenciada”.

Dona Maria José montou sua primeira barraca há 19 anos. Hoje, com o novo boxe, ela relembra tudo que passou e se emociona. “Eu estava grávida e cheia de sonhos quando resolvi montar meu próprio negócio. Não tenho dúvidas que foi a melhor decisão que eu já tomei. Olhando para esse boxe, fico tão feliz e apaixonada por estar aqui”.

Outro permissionário que compartilha desse mesmo sentimento é Paulo Rocha. Trabalhando ao lado da sua esposa e sua filha, ele considerou a mudança uma grande vitória. “Progredir sempre é bom para o ser humano e essa oportunidade de termos condições mais dignas de trabalho nos deixa muito contente. Com certeza, vai ser um grande progresso para nossa família”.

Para Marcelo de Sá, comerciante do ramo de eletroeletrônicos há 8 anos, o novo espaço é extraordinário. “Para quem já passou pelo o que a gente viveu na antiga Feira do Paraguai, só pode se sentir confortável aqui. Não só nós, comerciantes, mas também os nossos clientes”.

A comerciante Mara Lemos também ficou admirada com Centro de Comércio Popular. “Estou bastante contente com minha nova ‘loja’. Não há como comparar esse espaço com o antigo; é mil vezes melhor”.

Notícias Relacionadas

Notícia Destaque
14/11
Transporte coletivo: Prefeitura informa sobre mudanças em linhas do Conquista VI
Notícia Destaque
13/11
Plantão da Gerência de Postura apresenta balanço dos primeiros meses de funcionamento
Comunicação
13/11
Prefeitura apresenta novo portal nesta segunda-feira,16
Agricultura e Desenvolvimento Rural
13/11
Prefeitura entrega Barragem de Boa Vista nesse sábado, 14