Participantes avaliam Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

Durante dois dias, representantes de instituições relacionadas a esse público, sociedade civil, adolescentes e crianças participaram do evento

Sensibilizar os grupos envolvidos com a defesa dos direitos do público infantojuvenil. Foi essa a proposta da 9ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, ocorrida em Vitória da Conquista durante esta semana. Na tarde desta quinta, 16, aconteceu o encerramento da Conferência, com a aprovação das propostas elaboradas por cada eixo de discussão e com a eleição dos delegados que representarão a cidade na etapa territorial.

Para os participantes, a 9º Conferência Municipal terminou com avanços e apresentando boas propostas para serem implantadas e levadas às etapas territorial, estadual e nacional:

“A Conferência foi muito boa, assim como as apresentações, que foram muito pertinentes. A Conferência é muito relevante para o nosso município, pois esse é o espaço onde as nossas crianças e adolescentes podem falar sobre os diretos e deveres que eles têm” – Leniran Rocha, articuladora do Peti.

“Esse é um momento muito importante para definir normas para o próximo quadriênio, onde se pauta as políticas públicas para o município na questão da defesa dos diretos das crianças e adolescentes. Nesse espaço, a gente sugere, e temos visto que estamos avançando, principalmente no sentido de fortalecimentos dos órgãos agentes de implementação das políticas públicas de proteção às crianças e aos adolescentes” – Antonio Carlos, conselheiro tutelar.

“Gostei da Conferência, da estrutura e do número de participantes, que foi expressivo principalmente em número de crianças e adolescentes. Tivemos propostas bem interessantes também, como a que propõe a criação de uma coordenadoria para gerir os dados da rede, não só a questão da vulnerabilidade, mas para que eles sejam alimentados de forma mais ampla, atingindo todo esse público” – Cátia Dias, assistente social.

“Essa Conferência é de grande importância para o avanço da cidadania, pois vem já começando com a base, trabalhando crianças e adolescentes e incentivando-os a refletir sobre os seus direitos e as suas condições enquanto cidadãos, se têm os seus direitos respeitados e o que precisa ser feito para avançar” – Andréa Santos, pedagoga.

“Esse espaço é muito importante, pois as pessoas precisam estar atentas a esse tema, não só a gente, mas toda a comunidade. Os eixos tiveram discussões importantes e saímos felizes daqui, satisfeitos, temos que fazer a nossa parte e correr atrás de um futuro melhor para os nossos jovens” – Sandoval da Silva, representante da Creche Paulo Freire.

“Aqui foram tratados temas muito importantes e foram colocadas em pauta novas ideias para melhorar os diretos das crianças e dos adolescentes. Foi muito positiva essa Conferência, participei pela primeira vez e vi que tivemos resultados espetaculares” – Igor Sousa, estudante.

A Conferência foi promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) e a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

Notícias Relacionadas

Desenvolvimento Social
19/04
Prefeitura se reúne com entidades que atuam em políticas socioassistenciais
Desenvolvimento Social
17/04
Prefeitura oferece apoio às hortas comunitárias
Desenvolvimento Social
16/04
Programa Conquista Criança celebra a Páscoa
Desenvolvimento Social
13/04
Centro Integrado de Direitos da Criança e do Adolescente recebe visita da ONG internacional Childhood