Operação Carro-Pipa: Governo Municipal e Embasa se reúnem com representante do Exército

Pauta do encontro foi a distribuição de água na zona rural, restabelecida na última segunda-feira, 30

Representantes da Prefeitura Municipal e da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa)* se reuniram na tarde desta terça-feira, 31, com o sargento César, coordenador da Operação Carro-Pipa no 19º BC (área que abrange 60 municípios do Sudoeste baiano, entre eles Vitória da Conquista). Durante o encontro, foram feitos todos os esclarecimentos técnicos a respeito da distribuição de água potável na zona rural, suspensa temporariamente na semana passada e restabelecida na última segunda-feira, 30.

Uma série de acidentes, ocorridos em três finais de semana seguidos, provocou problemas técnicos, como a falta de energia elétrica – fato que impediu a Embasa de continuar a operar normalmente com seu sistema de bombeamento de água. Isso comprometeu o fornecimento em toda a região abastecida pela empresa, que inclui a cidade de Belo Campo e toda a área urbana de Vitória da Conquista, além de algumas localidades da zona rural conquistense.

Como a água distribuída na zona rural é comprada pela Prefeitura junto à Embasa – cumprindo a exigência do Exército de que o líquido seja potável e de reconhecida qualidade –, não foi possível manter a distribuição enquanto o problema não fosse devidamente solucionado.

“Como havia pouco fluxo de água da área de tratamento da Embasa para a cidade, houve a necessidade de se fazer manobras. E uma das soluções encontradas foi suspender momentaneamente o fornecimento de água através dos carros-pipa, para poder regularizar a situação”, explicou o coordenador municipal da Defesa Civil, Fernando Fróes.

Novo manancial – A situação está regularizada desde o dia 30, como afirmou o chefe do Gabinete Civil da Prefeitura, Márcio Higino Melo: “Os mananciais onde os caminhões-pipa do Exército e da Prefeitura abastecem já estão enchendo e restabelecendo suas cotas normais de operação. A partir de agora, os caminhões já estão percorrendo o interior do município e retornando à normalidade o abastecimento de água nas comunidades”.

O principal encaminhamento da reunião foi a busca por alternativas – como o início das gestões por novas fontes de abastecimento, além do manancial atualmente utilizado pela Embasa. “Dentro desta reunião, já viabilizamos outro manancial para diminuir o impacto e evitar futuros problemas. E para que o município possa permanecer sem interrupções na Operação Carro-Pipa”, observou o sargento César.

Operação Carro-Pipa – Em Vitória da Conquista, a Operação Carro-Pipa opera com 37 veículos e atende a cerca de 170 comunidades rurais. A fim de possibilitar que a água chegue a um número maior de pessoas, a Prefeitura mantém em atividade mais três caminhões-pipa, contratados diretamente pela Administração Municipal, e ainda um quarto veículo desse tipo, que foi doado pela União. Os quatro caminhões extras distribuem água em outras 70 comunidades rurais, além das que constam no roteiro do Exército.

*A Embasa foi representada pelo engenheiro Mauro Valença.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
15/12
Arte e Educação: Prefeitura Móvel oferece atividades pedagógicas para as crianças do bairro Urbis VI
Gabinete Civil
15/12
Prefeitura Móvel leva a Administração Municipal à região da Urbis VI
Gabinete Civil
14/12
Prefeitura realiza confraternização com educandos atendidos pelos Cras
Gabinete Civil
13/12
Decoração natalina da Tancredo Neves encanta conquistenses e visitantes