Movimentos sociais participam de plenária do Orçamento Participativo

Realizado na Semtre, o encontro resultou na eleição de cinco delegados e um suplente

A plenária do último sábado, dia 10, na Secretaria Municipal de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre), foi diferente da maioria das reuniões que vêm sendo realizadas em nome do Orçamento Participativo. Em vez de moradores de uma determinada localidade, rural ou urbana, o público foi composto por representações de movimentos sociais. O encontro resultou na eleição de cinco delegados e um suplente. A missão desse grupo, no dia 31 – data do 11ª Congresso do Orçamento Participativo –, será defender as demandas eleitas como prioritárias para o setor.

Esse tipo de manifestação foi bem visto por Alexandre Xandó, representante da Consulta Popular. “Pensar num modelo de orçamento participativo é pensar nas formas diretas de exercer a democracia. Esse é um passo fundamental. Não se democratiza o poder sem se democratizar o orçamento”, observou Xandó.

De acordo com o coordenador municipal de políticas LGBT, Danilo Bittencourt, a plenária específica dos movimentos sociais possibilita um passo além daquele que é dado por meio das plenárias convencionais. “É escutar a população não só na demanda real do cotidiano, mas também numa proposição de melhorar a vida das pessoas na sua humanidade”.

O coordenador do Orçamento Participativo, João Alberto Rodrigues, considerou “bastante rica” a plenária. “Tivemos uma participação bem qualificada dos representantes dos movimentos sociais. Isso sugere políticas públicas para que o Governo Municipal possa inserir como planejamento para o futuro”, afirmou.

Notícias Relacionadas

Governo
10/08
Prefeitura participa de cerimônia dos 70 anos da Fecomércio
Governo
11/07
Conquistense poderá fazer recadastramento biométrico no Centro Glauber Rocha
Governo
21/06
Governo e comunidade se reúnem para construção coletiva da LDO
Governo
23/03
Moradores do Coveima são recebidos pelo Governo Mais Perto de Você