Encontro reúne os 11 assentamentos existentes no município

Teve início, na manhã desta quinta-feira, 5, o XX Encontro Regional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). O encontro, que está sendo realizado no Centro Social Urbano, conta com a participação dos 11 assentamentos do município e acontecerá até sábado, 7.

Valter Rubens

Na oportunidade, o dirigente regional do MST, Valter Rubens, destacou o objetivo do encontro. “Todos os anos, realizamos este encontro para debater, avaliar o nosso movimento, as nossas conquistas. Também vamos planejar as ações do ano que vem. Após este encontro, será realizado o encontro estadual com todos os integrantes do movimento do estado, em que vamos sintetizar o debate junto às nossas regionais, para que possamos levar todas as demandas para o Congresso Nacional, que será realizado em fevereiro de 2014”, disse.

Júlio Honorato

O vereador, Júlio Honorato, avaliou a importância do debate. “O Movimento Sem Terra tem crescido bastante, muitos avanços já foram conquistados, mas sabemos que ainda precisamos conquistar muito mais. Por isso, encontros como este, que buscam debater as necessidades do movimento, são muito importantes”, afirmou.

Márcio Higino Melo

O chefe de Gabinete, Márcio Higino Melo, que, na ocasião, representou o prefeito Guilherme Menezes, falou sobre a relação existente entre o Governo Municipal e o MST. “O Governo Participativo mantém um diálogo permanente com todas as forças vivas e organizadas da sociedade, e com o MST não é diferente. Ao longo do tempo, o Governo sempre dialogou, sempre buscou ajudar o movimento nas suas lutas, nas suas demandas”, salientou.

Adelaide Santana

Fato que é facilmente comprovado pelos militantes, como dona Adelaide Santana dos Santos, do assentamento Mutum. “O Governo Municipal sempre atuou em prol do movimento. Nós temos escola da primeira série ao ensino médio, e nossas crianças não precisam mais sair do assentamento para terminarem os estudos. Além disso, também somos atendidos em uma unidade de saúde que presta um bom serviço para a comunidade. Sabemos que podemos contar com o Governo, pois ele escuta e atende as nossas demandas”, disse.