Masterclass: Jorge Caballero expõe toda sua técnica instrumental e fascina participantes

Desde a noite dessa quinta-feira, 21, Vitória da Conquista passou a integrar o circuito da música erudita de concerto. Tudo isso, graças ao I Festival Internacional de Violão, promovido pela Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Educação, em parceria com o Movimento Violão.

Pela cidade, durante os três dias de evento, passarão cinco dos principais violonistas do mundo. Um deles, o peruano Jorge Caballero dedicou a tarde dessa sexta-feira, 22, a compartilhar com estudantes de música, alunos e professores de escolas municipais e pessoas interessadas em música clássica, sua técnica musical, em um masterclass.

Durante o encontro os participantes de Vitória da Conquista e de outros municípios do estado, tiveram a oportunidade de tocar e ouvir do artista de renome internacional informações sobre música. Jorge Caballero explicou que “essa é uma oportunidade para que esses jovens músicos tenham uma aula diferente daquelas que eles costumam participar”.

Bruno Pires

Por isso, a iniciativa agradou os participantes, como é o caso do estudante de música da Universidade Federal da Bahia, João de Almeida Silva. “Essa é uma oportunidade de adquirir conhecimento e conhecer mais de perto os violonistas que conhecemos muitas vezes por meio de vídeos. Com certeza, eles têm muito a passar pra gente”, disse.

Afonso Celso

Também vindo de Salvador, o estudante Afonso Celso foi categórico ao afirmar: “Esse festival é importante por criar plateia”. Opinião que se assemelha a do estudante Bruno Pires, que ressaltou: “É uma alegria imensa por participar de um festival de tamanho quilate. É sempre uma satisfação e uma oportunidade de crescimento”.

Para Mateus Freitas, técnico de informática e aluno do Conservatório Municipal de Música, o encontro cumpriu sua vocação de ser um espaço de troca. “Pra gente ver em qual nível estão os outros músicos, incentivar os nossos estudos, aperfeiçoar a nossa técnica e analisar as que serão usadas de uma forma melhor”, salientou.

Sandra Mara

“É bom porque a gente envolve os alunos com a música de qualidade. É importante que eles tenham contato com esses artistas talentosos e quem sabe tenham o seu interesse despertado para esse tipo de música”, relatou a professora, Sandra Mara França, professora de Geografia da Escola Municipal José Rodrigues do Prado, no Pradoso, que participou do evento acompanhada por 36 alunos.

 

Notícias Relacionadas

Educação
23/03
Matrículas abertas para a Educação de Jovens e Adultos
Educação
15/03
Novos membros do Conselho Municipal de Educação tomam posse
Educação
14/03
Governo recebe proposta de transformar Patrulhando a Cidadania em escola municipal
Educação
13/03
Governo municipal se reúne com a Coordenação do Projeto Patrulhando a Cidadania