Grupos de trabalho continuam na elaboração das metas do PME

Cada um dos 13 grupos se reúne semanalmente, em diversos pontos da cidade, a fim de discutir sobre as 20 metas a serem contempladas no documento final

Formados durante o seminário de sensibilização realizado no sábado, 25, os grupos de trabalho continuam em plena atividade, empenhados em elaborar os documentos que, posteriormente, serão reunidos no Plano Municipal de Educação. São treze grupos, cada um com um cronograma de reuniões a cumprir pelos próximos trinta dias, em diversos locais da cidade, a fim de pôr em discussão as vinte metas que deverão estar contempladas no PME.

O texto final do documento deve estar concluído até o dia 25 de junho. Depois disso, será remetido à Câmara de Vereadores, para votação e, em seguida, submetido à sanção pelo prefeito Guilherme Menezes. O PME estabelecerá os pontos que nortearão a educação municipal pelos próximos dez anos, em sintonia com o Plano Nacional de Educação.

Prática consolidada – Essa terça-feira, 28, foi o dia reservado às reuniões ordinárias do grupo que se dedica a debater sobre a meta número 19: gestão democrática no ensino público. Como tem ocorrido todas as semanas, os integrantes se reuniram na sala de reuniões do Conselho Municipal de Educação (Smed). No seminário do dia 25, pouco mais de 30 pessoas se inscreveram para participar das discussões desse grupo – o que não exclui a participação de qualquer outro cidadão que se interesse por contribuir com as discussões.

“Aqui, estamos discutindo todos os critérios para o fortalecimento da gestão democrática nas escolas”, explicou Jocelma Gusmão, coordenadora de Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal de Educação. “Somos um município que já tem a prática da gestão democrática há muitos anos. O Governo Municipal promove as eleições dos diretores de escolas e tem consolidado no cotidiano das unidades de ensino uma série de práticas que fazem parte desse coletivo de gestão democrática”, prosseguiu Jocelma.

Participação – Outro colaborador, Helder Carlos, definiu a linha de atuação do grupo de trabalho. “Neste primeiro momento, estamos buscando fazer uma identificação da atual situação da gestão democrática na Rede Municipal de Ensino. E, neste sentido, embasar a população para participar”, explicou.

“Não se faz uma gestão democrática sem a participação de todos os fundamentos da sociedade: pais, alunos e os próprios professores. Queremos construir com a participação de todos”, finalizou Helder, que trabalha na Coordenação de Compras e Patrimônio da Smed e, no grupo de trabalho, representa o Conselho do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Notícias Relacionadas

Educação
18/11
Pacto pela Educação: Professores e coordenadores municipais relatam experiências
Educação
17/11
Escola Iza Medeiros promove projeto Conquista de Todas as Etnias
Educação
13/11
Monitores da Educação Infantil participam de curso de aperfeiçoamento
Educação
10/11
Secretaria de Educação promove formação para monitores de educação infantil