Governo Municipal visita obras do novo aeroporto de Vitória da Conquista

Em sua décima medição, a equipe técnica da Superintendência de Infraestrutura de Transportes da Bahia concluiu que as obras do novo aeroporto estão 50% concluídas

O novo aeroporto de Vitória da Conquista é uma das obras mais aguardadas pela população da cidade e de toda região sudoeste da Bahia. Por isso, a Administração Municipal busca acompanhar cada etapa para a concretização desse processo. E foi com esse intuito que, na manhã desta segunda-feira, 20, a equipe do Governo Municipal, acompanhada pelos vereadores Ricardo Babão e Coriolano Moraes, visitou mais uma vez as obras de construção do novo aeroporto.

As obras estão bem avançadas a pavimentação da pista de pousos e decolagens já foi concluída, restando apenas aplicar a sinalização horizontal. A seção de combate a incêndios (SCI), que abrigará as instalações do Corpo de Bombeiros, já tem 70% de sua construção feita. No conjunto geral, a obra está 50% pronta. O cronograma inicial previa que, a esta altura, a execução dos trabalhos estivessem em 42% – o que demonstra o grau de adiantamento em que a construção se encontra.

“O andamento das obras está superando as expectativas. É uma alegria ver um equipamento como esse, que pouca gente acreditava que saísse rapidamente, estar nesse ritmo e saber que Conquista, brevemente, terá um aeroporto a altura da demanda dessa região”, destacou o prefeito Guilherme  Menezes.

A obra – O novo aeroporto de Vitória da Conquista está em construção numa área de 6 milhões de metros quadrados, a cerca de 15 quilômetros do perímetro urbano. O projeto prevê um pátio para aviões com mais de 193 metros de comprimento por 50 de largura. A pista para pousos e decolagens tem comprimento de 2.100 metros e largura de 45. Há ainda a pista para taxiamento de aviões, rampa de equipamentos, subestação elétrica, balizamento noturno e acessos viários. O orçamento total da obra é de R$ 60,3 milhões.

Outra novidade é que o equipamento será dotado com sistema de operação por instrumento IFR (Instrument Flight Rules), que permitirá ao piloto conduzir a aeronave guiando-se pelos instrumentos de bordo, sem ter de seguir referências visuais exteriores ao avião, e que dependem de condições climáticas para operar.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
15/12
Arte e Educação: Prefeitura Móvel oferece atividades pedagógicas para as crianças do bairro Urbis VI
Gabinete Civil
15/12
Prefeitura Móvel leva a Administração Municipal à região da Urbis VI
Gabinete Civil
14/12
Prefeitura realiza confraternização com educandos atendidos pelos Cras
Gabinete Civil
13/12
Decoração natalina da Tancredo Neves encanta conquistenses e visitantes