Governo Municipal realiza mudanças em secretariado da Prefeitura

O atual secretário de Finanças, Mizael Bispo, assumirá a presidência da Emurc – cuja atual presidente, Mércia Andrade, voltará a assumir a Secretaria de Finanças

Em reunião conjunta com servidores da Secretaria Municipal de Finanças e da Empresa Municipal de Urbanização de Vitória da Conquista (Emurc), o prefeito Guilherme Menezes comunicou-lhes a mais recente mudança feita na estrutura da Administração Municipal: o atual secretário de Finanças, Mizael Bispo, irá para a presidência da Emurc, enquanto a atual presidente da empresa, Mércia Andrade, voltará a assumir a pasta de Finanças.

“São movimentações próprias da dinâmica da Administração Municipal. Tenho contado de uma forma muito positiva com os servidores da Prefeitura, tanto da Administração Direta quanto da Indireta”, afirmou o prefeito, após a reunião.

Ambos os gestores são servidores de carreira, que estão no serviço público municipal há cerca de três décadas. Mizael iniciou como auxiliar administrativo. Daí para cá, ocupou várias funções. Entre 2010 e 2012, foi secretário municipal de Transparência, antes de ser transferido para o cargo no qual esteve até agora. “O Governo Municipal é um só. Precisamos trabalhar em conjunto, entendendo que cada um tem seu espaço”, explicou o novo diretor-presidente da Emurc.

Mércia Andrade começou como contadora na secretaria pela qual volta, agora, a ser responsável. Sua experiência na Emurc foi descrita por ela como um “laboratório”, pelo fato de que a empresa contribui para o desenvolvimento de Vitória da Conquista. “Foi um dos maiores desafios da minha vida como servidora”, disse Mércia. “É uma empresa necessária e muito importante para o município.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
24/03
Em visita à Fieb, prefeito acerta parceria com o Sesi e discursa para empresários da construção civil
Gabinete Civil
23/03
Implantação da Universidade Católica em Conquista tem apoio da Prefeitura
Gabinete Civil
21/03
Prefeito visita Conquista Criança
Gabinete Civil
20/03
Executivo e Judiciário discutem ações ligadas à infância e adolescência