Governo Municipal participa de solenidade em comemoração dos 15 anos do Banco do Povo

“A Prefeitura teve um papel preponderante para que o Banco do Povo fosse criado e tivesse uma base sólida”, salientou o presidente do Conselho de Administração do banco, Cláudio Cardoso

O Banco do Povo completou, no mês de março, 15 anos de existência, e, para celebrar essa ocasião tão especial, foi realizada uma solenidade na noite da última sexta-feira, 10, no salão de festas da Associação Atlética do Banco do Brasil. O evento contou com a presença do vice-prefeito, Joás Meira, de membros do corpo diretivo do banco e de ex-diretores da instituição.

O Banco do Povo foi criado com o objetivo de garantir microcrédito produtivo orientado a empreendedores que, por não terem renda fixa, não obteriam financiamento em outras entidades bancárias. “A Prefeitura teve um papel preponderante para que o Banco do Povo fosse criado e tivesse uma base sólida, uma política voltada para o microcrédito com independência. Na época, ela foi a responsável pela criação da instituição que, atualmente, vem conseguindo desenvolver sua política de trabalho de forma bastante independente”, destacou o presidente do Conselho de Administração do Banco do Povo, Cláudio Cardoso.

“Nós ficamos muito felizes em prestigiar mais um ano do Banco do Povo, banco que nasceu do desejo da Administração Municipal de estimular os micro e pequenos empreendedores e segue desde a sua implantação firmemente esse propósito. Um banco que, com certeza, ainda vai gerar muito emprego e muita renda para a nossa região”, disse o vice-prefeito, Joás Meira, que, na ocasião, representou o prefeito Guilherme Menezes.

Ao longo da sua existência, o Banco do Povo já atendeu mais de 8000 pessoas e beneficiou em torno de 32 mil contribuindo com o desenvolvimento da economia do município. “Já aportamos 55 milhões emprestado em um valor médio de R$ 1.700,00. Só esse ano, a instituição obteve R$ 270 mil em lucro, que foi convertido em novos empréstimos porque somos uma instituição sem fins lucrativos. É um dinheiro que circula dentro de vitória da Conquista, ele não sai daqui”, explicou o Diretor Excecutivo, Hermes Bonfim.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
22/11
Governo Municipal participa da recepção do Comandante Militar do Nordeste
Gabinete Civil
21/11
Dia da Consciência Negra proporciona cultura e informação em Vitória da Conquista
Gabinete Civil
20/11
Orgulho de ser LGBT coloca bandeira da diversidade na rua
Gabinete Civil
20/11
Município e Poder Judiciário dialogam sobre a desocupação da Serra do Piripiri