Governo Municipal participa de lançamento do projeto Educar para Transformar

 

Iniciativa representa uma mobilização do Estado e dos municípios para dar continuidade ao desenvolvimento da educação na Bahia

As diretrizes que vão nortear a educação na Bahia foram apresentadas pelo governador Rui Costa durante o lançamento do Pacto pela Educação, ocorrido nessa segunda-feira, 30, em Salvador. Batizado de “Educar para Transformar”, o programa estadual visa garantir a excelência no ensino e no acesso as instituições públicas de qualidade para crianças, jovens e adultos.

Durante o evento, foi firmada a parceria com as prefeituras das cidades do interior baiano e também da capital, por meio da assinatura do termo de compromisso com o projeto. O prefeito Guilherme Menezes – acompanhado pelos secretários municipais de Educação, Valdemir Dias e de Cultura, Nagib Barroso – participaram da solenidade.

“Esse debate a respeito das características de cada município, dos avanços e das prioridades colocadas em torno da educação fundamental é muito importante porque logo depois vem à competência do estado, que é o nível médio. Acho fundamental esse entendimento entre os municípios e o estado – duas competências diferentes – sobre o mesmo tema”, realçou o prefeito Guilherme.

O pacto tem cinco eixos básicos: colaboração entre Estado e municípios, fortalecimento da educação básica, educação profissional, parcerias com as escolas e a integração entre as famílias e as escolas. A proposta é melhorar os índices da educação no estado, modificando a realidade de toda a Bahia num trabalho conjunto.

“Teremos dois grandes momentos. O primeiro é esse, o de mobilização de todo o poder público. Em abril, pretendo fazer outro evento com a sociedade civil. Todos que queiram se mobilizar a favor da educação pública estadual e fortalecê-la. São grandes metas e indicadores que queremos avançar na Bahia”, explicou o governador Rui Costa.

Ainda, de acordo com o secretário de Educação, Osvaldo Barreto, “o esforço do Governo Estadual é para que cada um dos 2,6 milhões de crianças e jovens que estão nas redes municipal e estadual possam, por exemplo, ser alfabetizados até os oito anos de idade, com domínio pleno da leitura, linguagem e operações matemáticas”.

* Com informações da Secretaria de Comunicação do Governo do Estado

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
29/06
Prefeito se reúne com gestores de planejamento urbano de Curitiba
Gabinete Civil
29/06
Prefeitura inicia trabalho para criação de núcleos da Defesa Civil nos distritos rurais
Gabinete Civil
28/06
Prefeito é recebido em Curitiba pelo reconhecido arquiteto e urbanista, Jaime Lerner
Gabinete Civil
27/06
Nota de pesar pelo falecimento de Argemiro Correia Santos